sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Depois da Consult, o instituto Seta registra pesquisa eleitoral sobre sucessão municipal em São Miguel

Após a Consult, foi à vez do Instituto Seta de Pesquisa (Seta Instituto de Pesquisa Ltda-ME) registrar nesta quinta-feira, dia 22 de setembro, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) mais uma pesquisa eleitoral sobre a disputa para os cargos de prefeito e vereador do município de São Miguel.

De acordo com as informações disponíveis no Sistema Informatizado de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) a pesquisa do SETA foi registrada sob o protocolo de número 04494/2016. Os custos da pesquisa estão estipulados em R$ 2.000,00 tendo o próprio instituto como contratante.

A sondagem que ouvirá nesta sexta-feira (23) e no sábado (24) um total de 400 eleitores de diversos bairros do município terá o seu resultado divulgado no próximo dia 28 (quarta-feira). O intervalo de confiança da pesquisa é de 95% com margem de erro de 4,5% para mais ou para menos.

Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar R$ 57 milhões no sábado

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.859 da Mega-Sena, cujo foi realizado nesta quinta-feira (22) em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG), e o prêmio acumulou para R$ 57 milhões.

Veja as dezenas: 01 - 13 - 14 - 21 - 26 - 51.

A quina teve 88 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 32.842,30. Outras 6.049 apostas acertaram a quadra e vão levar R$ 682,55 cada uma.

A estimativa de prêmio para o concurso 1.860, a ser realizado no sábado (24), é de R$ 57 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Instituto Consult registrou pesquisa eleitoral no município de São Miguel

A Consult Pesquisa (Consultoria e Pesquisa Técnica Ltda.) registrou nesta quarta-feira, dia 21 de setembro, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) a primeira pesquisa eleitoral com vistas á sucessão municipal no município de São Miguel.

Conforme o Sistema Informatizado de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) a pesquisa registrada sob o protocolo de número 08512/2016 foi contratada por C F DE MACEDO MOURA RODRIGUES - ME / ILUMINAR SOM E LUZ pelo preço de R$ 4.000,00.

De acordo com o registro do TRE/RN, a Consult ouviu no dia 21 de setembro, um total de 430 eleitores espalhados em vários bairros e Zona Rural do município. A margem de erro da pesquisa é de 4,7% tanto para mais quanto para menos e o intervalo de confiabilidade é de 95%. O resultado da pesquisa será divulgado no dia 27 de setembro (terça-feira)

Além de questionar a preferência dos eleitores para os cargos de Prefeito e Vereador do município de São Miguel, a Consult ouviu a opinião dos eleitores micaelenses acerca da avaliação das administrações do atual prefeito de São Miguel, Dario Vieira, e do Governador do RN, Robinson Faria.

Confira abaixo a relação das 15 áreas onde foram realizadas as entrevistas: URBANA: 01) Centro; 02) Alto Santa Tereza; 03) Hospital/Rodoviária; 04) Sabino Leite/Vila Oiteiro; 05) 13 de Maio/Vale Encantado; 06) Manoel Vieira; 07) Vista Alegre; RURAL: 08) Cachoeira; 09) Cachoeirinha; 10) Bonito; 11) Olho D’água Dantas; 12) Sitio Cidade/São Pedro; 13) Pau Branco/São Gonçalo; 14) Timbaúba/Retiro; 15)Estivas/Cruz.

Horário de verão 2016/2017 começará no dia 16 de outubro

O horário de verão 2016/2017 brasileiro terá inicio à zero hora do dia 16 de outubro, terceiro domingo do mês. Na ocasião os relógios deverão ser adiantados em uma hora nas unidades federativas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país: Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo.

Como durante o verão o uso de eletricidade para refrigeração, condicionamento de ar e ventilação aumenta, a estratégia é aproveitar a intensificação da luz natural ao longo do dia durante o verão para reduzir a demanda principalmente no período de pico, entre as 18h e as 21h, ou seja, quando mais pessoas, empresas e indústrias estão utilizando a energia elétrica.

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), quando a demanda de energia elétrica diminui, as empresas que operam o sistema conseguem prestar um serviço melhor ao consumidor porque as linhas de transmissão ficam menos sobrecarregadas. Para as hidrelétricas, a água conservada nos reservatórios pode ser importante no caso de uma estiagem futura. Para os consumidores em geral, o combustível ou o carvão mineral que não precisou ser usado nas termelétricas evita ajustes tarifários.

No ano passado a economia gerada pelo adiantar dos ponteiros foi de R$ 162 milhões. Além disso, o ONS também afirmou em nota que, caso não houvesse horário de verão, R$7,7 bilhões teriam que ter sido investidos para suprir o atendimento da demanda elétrica no período.

Como surgiu o horário de verão?

No Brasil, o primeiro horário de verão foi realizado entre 1931 e 1932, pelo presidente Getúlio Vargas, com duração de 5 meses. A prática vem sendo adotada sem interrupções desde 1985, com algumas diferenças nos estados que aderem à mudança, e também nos períodos de duração.

A única exceção para o decreto 6.558, de 2008, que define as regras do horário de verão atualmente, ocorre quando o terceiro domingo de fevereiro coincidir com o domingo de Carnaval. Nesse caso, o horário de verão termina no quarto domingo de fevereiro.

A ideia de adiantar a hora oficial em períodos de verão foi lançada em 1784 por Benjamim Franklin, político e inventor americano. O primeiro país a adotar oficialmente o horário de verão foi a Alemanha, em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, para economizar os gastos com carvão.

*Agência CNM, com informações da Agência Brasil

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

TRE disponibiliza disque-eleitor a partir da próxima segunda

Com o objetivo de facilitar ao eleitor o exercício do seu direito ao voto, o TRE-RN disponibiliza, a partir de segunda-feira (26), o Disque-eleitor. O Disque-eleitor funcionará até o dia das eleições (2 de outubro) sempre das 7h às 19h.

A equipe do tribunal estará disponível para tirar dúvidas e fazer esclarecimentos através dos telefones 0800 084 5464 (ligações gratuitas, exclusivamente feitas por telefones fixos) e 3654-5000 (ligação tarifada, feitas por qualquer tipo de telefone).

O eleitor poderá tirar dúvidas sobre identificação, endereço de locais de votação, postos de justificativa, obter orientações sobre como justificar ausência, quais documentos levar no dia da votação ou para justificar, telefone para contato com cartórios ou zonas eleitorais, dentre outras informações.

Eleições: TSE aprova envio de tropas federais para 79 municípios do RN

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade, na sessão administrativa desta terça-feira (20), o envio de Forças Federais para municípios do Rio de Janeiro, Mato Grosso, Alagoas, Rio Grande do Norte, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Acre e Pará. Os pedidos de envio de tropas federais para essas localidades foram feitos ao TSE pelo respectivo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado.

O pedido do envio de tropas federais para 79 municípios do Rio Grande do Norte foi analisado pela ministra Rosa Weber. “Estou aprovando a requisição de Força Federal nos moldes solicitados. As razões que me levam a essa convicção são ressaltadas no acórdão do TRE-RN, que destaca a crise na segurança pública que está sendo vivenciada no local, com risco de comprometimento da normalidade das eleições e da integridade física dos eleitores”, disse.

Requisição - O apoio das Forças Armadas para garantir a lei e a ordem durante as eleições está previsto no artigo 23, XIV, do Código Eleitoral: “Compete, privativamente, ao Tribunal Superior requisitar a força federal necessária ao cumprimento da lei, de suas próprias decisões, ou das decisões que os Tribunais Regionais que o solicitarem, e para garantir a votação e a apuração”.

A Resolução TSE nº 21.843/2004 regulamenta a requisição da Força Federal para apoio nas eleições. De acordo com a norma, os Tribunais Regionais Eleitorais deverão encaminhar ao TSE as relações das localidades onde se faz necessária a presença de tropas federais. Esses pedidos, além de conterem a justificativa, deverão ser apresentados separadamente para cada zona eleitoral, com indicação do endereço e do nome do juiz eleitoral a quem o efetivo da Força Federal deverá se apresentar.

Confira os municípios do RN que solicitaram apoio das tropas federais:

05ª Zona Eleitoral
BOM JESUS
SENADOR ELÓI DE SOUZA

06ª Zona Eleitoral
CEARÁ-MIRIM
IELMO MARINHO
PUREZA

08ª Zona Eleitoral
SÃO PAULO DO POTENGI
SÃO PEDRO
SANTA MARIA
RIACHUELO

09ª Zona Eleitoral
GOIANINHA
TIBAU DO SUL
ESPÍRITO SANTO

11ª Zona Eleitoral
CANGUARETAMA
BAÍA FORMOSA

12ª Zona Eleitoral
NOVA CRUZ

13ª Zona Eleitoral
SANTO ANTÔNIO
PASSAGEM
SERRINHA
VARZEA

14ª Zona Eleitoral
TOUROS

15ª Zona Eleitoral
SÃO JOSÉ DE CAMPESTRE
MONTE DAS GAMELEIRAS
SERRA DE SÃO BENTO

17ª Zona Eleitoral
CAIÇARA DO RIO DO VENTO
PEDRA PRETA

18ª Zona Eleitoral
ANGICOS
FERNANDO PEDROZA

19ª Zona Eleitoral
SÃO TOMÉ

25ª Zona Eleitoral
CAICÓ

26ª Zona Eleitoral
SERRA NEGRA DO NORTE
SÃO JOÃO DO SABUGI

27ª Zona Eleitoral
JUCURUTU

29ª Zona Eleitoral
IPANGUAÇU

30ª Zona Eleitoral
MACAU
GUAMARÉ
GALINHOS

31ª Zona Eleitoral
CAMPO GRANDE

32ª Zona Eleitoral
AREIA BRANCA

33ª ZE e 34ª Zona Eleitoral
MOSSORÓ

35ª Zona Eleitoral
APODI
FELIPE GUERRA

36ª Zona Eleitoral
CARAÚBAS

38ª Zona Eleitoral
SERRINHA DOS PINTOS

39ª Zona Eleitoral
UMARIZAL

43ª Zona Eleitoral
SÃO MIGUEL

44ª Zona Eleitoral
LAGOA SALGADA

45ª Zona Eleitoral
SEVERIANO MELO
ITAÚ
RODOLFO FERNANDES

46ª Zona Eleitoral
TAIPU

47ª Zona Eleitoral
PENDÊNCIAS
ALTO DO RODRIGUES
CARNAUBAIS

49ª Zona Eleitoral
UPANEMA

52ª Zona Eleitoral
PARAZINHO
CAIÇARA DO NORTE

53ª Zona Eleitoral
TANGARÁ
SERRA CAIADA
SÍTIO NOVO

54ª Zona Eleitoral
PEDRO AVELINO

55ª Zona Eleitoral
ALMINO AFONSO

57ª Zona Eleitoral
GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO

58ª Zona Eleitoral
BARAÚNA
SERRA DO MEL
TIBAU

59ª Zona Eleitoral
JARDIM DE PIRANHAS

60ª Zona Eleitoral
MARCELINO VIEIRA
TENENTE ANANIAS

62ª Zona Eleitoral
POÇO BRANCO

63ª Zona Eleitoral
PORTALEGRE
RIACHO DA CRUZ

64ª Zona Eleitoral
EXTREMOZ
MAXARANGUAPE
RIO DO FOGO

65ª Zona Eleitoral
ENCANTO
RAFAEL FERNANDES
ÁGUA NOVA

66ª Zona Eleitoral
ARÊZ
SENADOR GEORGINO AVELINO

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Ação do Ministério Público Federal leva prefeito de Venha-Ver à perda do cargo

Ao julgar ação penal proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) condenou o atual prefeito do município de Venha Ver (RN), Expedito Salviano, à perda do cargo, por desvio de verbas públicas federais destinadas à habitação popular.

No mesmo processo, também foi condenado o engenheiro civil Antônio Carneiro Filho, sócio da empresa Concreto Projetos e Construções Ltda. Ambos receberam pena de dois anos e três meses de reclusão – substituída por prestação de serviços à comunidade ou a entidades públicas e prestação pecuniária – e tornaram-se inabilitados para o exercício de função ou cargo público, pelo prazo de cinco anos.

Expedito Salviano está exercendo seu quarto mandato como prefeito de Venha Ver. Em 2002, quando chefiava pela segunda vez o Poder Executivo daquele município, ele firmou um convênio com o Ministério da Integração Nacional, que tinha por objetivo a construção de 15 casas na zona rural.

Os recursos federais – na soma total de cem mil reais, em valores da época – foram repassados ao município em dezembro de 2002. O prefeito efetuou o pagamento pelas obras, mas nenhuma das unidades habitacionais foi concluída, conforme demonstrado por fotografias das casas e depoimentos dos habitantes que deveriam ter recebido os imóveis. Algumas foram entregues inacabadas – faltando piso, portas, janelas, instalações elétricas e hidráulicas – e outras sequer tiveram a construção iniciada.

Embora soubesse que as obras não estavam concluídas, o prefeito fez os beneficiários assinarem declarações, datadas de 20 de outubro de 2004, de que haviam recebido as casas da Prefeitura em perfeito estado de funcionamento. Segundo o MPF, muitos assinaram os documentos sem ler, até mesmo pelo fato de grande parte deles ser analfabeta.

O engenheiro Antônio Carneiro Filho, foi responsável por fornecer, indevidamente, recibos e notas fiscais da execução das obras, em nome da empresa Concretos Projeto e Construções Ltda., sabendo que as unidades habitacionais não existiam ou não haviam sido concluídas. Os imóveis foram entregues posteriormente, com obras custeadas pelos réus, mas o crime (“apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio”), previsto no artigo 1º, I, do Decreto-lei nº 201/67, já havia sido cometido.

Mandatos – Localizado a cerca de 450 km de Natal, o município de Venha Ver ocupa uma área de pouco menos de 72 km² e tem cerca de quatro mil habitantes. Foi criado em 1992 por desmembramento do município de São Miguel. Em 1º de janeiro de 1997, Expedito Salviano tomou posse como primeiro prefeito de Venha Ver. Foi reeleito e ficou no cargo até o final de 2004, quando Socorro Fernandes elegeu-se com seu apoio. Voltou a assumir a prefeitura em 2009 e venceu novamente as eleições em 2012, iniciando seu quarto mandato como prefeito de Venha Ver em janeiro de 2013.

N.º do processo: 0000712-84.2007.4.05.8401 (APE 44 RN)

Íntegra das alegações finais do MPF:

Fonte: Assessoria de Comunicação PRR5

Segundo decêndio do FPM de setembro cai 18,63% em comparação com o ano passado

O segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de setembro foi repassado às prefeituras brasileiras nesta terça-feira, 20 de setembro.

O montante transferido foi de R$ 590.125.804,83, já descontado a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundo, o montante foi de R$ 737.657.256,04.

Em comparação com o segundo decêndio do mesmo mês de 2015, o atual teve uma queda de 11,81% em termos nominais, ou seja, comparando os valores sem considerar os efeitos da inflação. Quando se considera o valor real dos repasses, levando em conta então as consequências da inflação, o decêndio apresenta uma queda ainda maior de 18,63%.

Acumulado do Ano - No acumulado de 2016, o FPM soma nominalmente R$ 57,882 bilhões frente aos R$ 58,300 bilhões no mesmo período do ano anterior. Em termos nominais, o somatório dos repasses caiu 0,27%, o que caracteriza uma redução nos valores efetivamente repassados. Quando considerado os efeitos danosos da inflação, o fundo acumulado em 2016 tem queda bem mais expressiva: 9,35% menor do que o mesmo período do ano anterior.

Previsão - Infelizmente, a queda já observada, ainda deve persistir. A previsão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) é de queda de 4,15% em setembro e uma queda de 4,0% em outubro, sempre em relação ao mesmo período de 2015, esses valores não consideram os efeitos da inflação.

IFRN recebeu 22.760 inscrições para o Exame de Seleção 2017

Foi divulgado ontem (19), pela Pró-Reitoria de Ensino do IFRN, a lista de concorrências dos 31 cursos ofertados pelo processo seletivo Exame de Seleção 2017. Entre os dias 24 de agosto e 12 de setembro, período de inscrição, 22.760 candidatos se inscreveram no processo seletivo.

O curso que apresentou a maior concorrência foi o Técnico Integrado em Informática, do Campus Mossoró, com 18,81 inscritos por vaga. O curso foi seguido pelo Técnico em Controle Ambiental, ofertado pelo Campus Natal-Central, com 17,09 candidatos. O curso com a menor concorrência foi o Técnico Integrado em Edificações, do Campus São Paulo do Potengi.

O Exame de Seleção deste ano está ofertando um total de 3.023 vagas. A concorrência divulgada diz respeito ao número geral de inscritos por número de vagas, sem fazer distinção entre alunos de escolas públicas ou privadas. Metade das vagas ofertadas é destinada para alunos do ensino público.

A prova deste ano será aplicada no dia 16 de outubro de 2016, às 13h, no local determinado no cartão de inscrição - que estará disponível a partir do dia 10 de outubro - no Portal do Candidato.

No dia da prova os candidatos devem estar portando um documento de identidade com foto, o cartão de inscrição e uma caneta esferográfica preta. Em caso de perda ou roubo do documento de identificação e não existindo outro documento previsto, o candidato deverá obrigatoriamente apresentar o Boletim de Ocorrência Policial, no qual deverá constar a perda ou extravio do documento com prazo de emissão de no máximo 30 dias consecutivos.  

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Abertura Oficial da Festa do Padroeiro São Miguel Arcanjo 2016 acontece na noite de hoje (19)

Imagem: Blog São Miguel em Alta
A Paroquia de São Miguel Arcanjo abre oficialmente na noite de hoje (19) as Festividades alusivas ao Santo Padroeiro São Miguel Arcanjo. Neste ano de 2016, as festividades que ocorrerão no período entre 19 e 29 de setembro terão como Tema “Em Nome de Cristo: Reconciliai-vos com Deus” e como Lema: “Na Família, Missão e Sociedade...”.

As festividades serão abertas ás 18hrs com a Procissão das Bandeiras, saindo da Gruta de Nossa Senhora do Arco-Íris na Rua Dr. José Torquato para a Igreja Matriz onde ocorrerá o cerimonial de Instalação Oficial da Festa de São Miguel Arcanjo 2016 com a celebração da missa de abertura e o Hasteamento das Bandeiras.

Dando sequência às festividades do Padroeiro São Miguel Arcanjo, de amanhã (20) até o próximo dia 28 de setembro (quarta-feira) será celebrado o tradicional novenário e no dia 29 de setembro (quinta-feira) acontece o encerramento oficial da festa com a Procissão com a Imagem de São Miguel Arcanjo, seguida da Santa Missa de encerramento, arreamento das bandeiras e tradicional bateria com queima de fogo.

CLIQUE AQUI para ver a programação completa da festa

Começou hoje a Campanha Nacional de Multivacinação

Começou hoje (19) a Campanha Nacional de Multivacinação em todo o país, para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. O público-alvo da mobilização são crianças menores de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 anos a 15 anos.

O Dia D de mobilização nacional está marcado para o próximo sábado (24), quando os postos estarão abertos para atender aos que tiverem dificuldades de comparecer em horário comercial. A campanha segue até 30 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos em todo o Brasil. Ao todo, 350 mil profissionais participam da ação.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram enviadas a todas as unidades da Federação 26,8 milhões de doses - incluindo 7,6 milhões para a vacinação de rotina de setembro e 19,2 milhões de doses extras para a campanha.

Atualização da caderneta - O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis no país e reduzir os índices de abandono à vacinação – principalmente entre adolescentes.

Mudanças no calendário de vacinação - Em janeiro deste ano, o Ministério da Saúde alterou o esquema vacinal de quatro vacinas: poliomielite, HPV, meningocócica C (conjugada) e pneumocócica 10 valente.

O esquema vacinal contra a poliomielite passou a ser de três doses da vacina injetável (2, 4 e 6 meses) e mais duas doses de reforço com a vacina oral. Até 2015, o esquema era de duas doses injetáveis e três orais.

Já a vacinação contra o HPV passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas para meninas saudáveis de 9 a 14 anos. Meninas de 9 a 26 anos que vivem com HIV devem continuar recebendo o esquema de três doses.

No caso da meningocócica C, o reforço, que era administrado aos 15 meses, passou a ser feito preferencialmente aos 12 meses, podendo ser feito até os 4 anos. As primeiras duas doses continuam sendo realizadas aos 3 e 5 meses.

A pneumocócica sofreu redução de uma dose e passou a ser administrada em duas (2 e 4 meses), com um reforço preferencialmente aos 12 meses, mas que pode ser recebido até os 4 anos.

2ª via do titulo de eleitor pode ser requerida até a próxima quinta-feira (22)

Os eleitores têm até a próxima quinta-feira (22) para obterem a segunda via do seu título eleitoral nos seus respectivos cartórios eleitoral. A segunda via do título é fornecida na hora e sem custos e não é possível solicitar a segunda via por outra pessoa, mesmo com qualquer tipo de procuração.

O eleitor deverá levar um documento de identidade original com foto (Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade ou carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão), que comprove a nacionalidade brasileira, Comprovante de endereço recente, comprovante de quitação do serviço militar (se do sexo masculino). Não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação e o novo passaporte.

Justiça Eleitoral do RN prepara nove mil urnas no Estado

A Justiça Eleitoral iniciou a alimentação dos dados das 9.240 urnas eletrônicas de votação, que serão utilizadas nas eleições de prefeito e vereador em 167 municípios do Rio Grande do Norte. O coordenador de Logística do Tribunal do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Tyronne Dantas de Medeiros, informou que "o trabalho de geração de mídia e cargas das urnas é o principal evento antes do pleito eleitoral", com a inserção de cartões de memórias que incluem dados como tabelas dos candidatos a prefeito e vereador, dos partidos e dos próprios locais de votação.

Tyronne Dantas disse que a alimentação dos dados nas urnas eletrônicas tem pelo menos quatro etapas, começando pela identificação da caixa da urna, seção, eleitores, em seguida ocorre a carga dos aplicativos, depois elas passam por testes “para ver se estão funcionando normalmente".

Dantas disse que o trabalho de alimentação dos dados das urnas eletrônicas, que ocorre no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (COJE), na rua da Torre, próximo ao Bosque dos Namorados, começou no dia 15 e vai até 20 de setembro, enquanto de 21 a 23, no mesmo local serão alimentadas as urnas de três municípios da Região Metropolitana de Natal (RMN): Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante.

Entre os dias 21 e 23 também serão alimentadas as urnas dos municípios restantes do interior do Estado. "O trabalho de geração de mídia e carga das urnas está sendo feito com uma rapidez acima do esperado", afirmou Dantas.

A geração de mídias consiste na utilização do sistema GEDAI para a geração das tabelas de candidatos, partidos, coligações, eleitores, seções, agregações e demais aplicativos da urna eletrônica: sistema de apuração (SA), recuperação de dados (RED), verificação pré e pós eleição (VPP), Ajuste de Data e Hora (ADH), etc .

A preparação das urnas, por sua vez, divide-se em quatro etapas: identificação das caixas de urnas, mais colagem de etiquetas geradas no SAE (Sistema de Apoio às Eleições) nas caixas de urnas, a fim de identificar a Zona Eleitoral, local de votação e seção eleitoral correspondentes aos dados inseridos na urna eletrônica. Depois vem a carga de aplicativos, que consiste na inserção das mídias geradas no sistema GEDAI nas urnas eletrônicas, a fim de gravar os dados nelas contidos nas urnas eletrônicas de seção, de contingência e de Mesa Receptora de Justificativa.

Em seguida vem o teste de votação, com a realização de votação com eleitores e candidatos reais para validação do comportamento do sistema, além de comparação de hashes de arquivos e aplicativos lacrados.

Por fim vem a lacração e embalagem das urnas, aposição de lacres nos compartimentos de mídia de resultado, cartão de memória, impressora, e embalagem das urnas nas respectivas caixas, identificadas com a Zona Eleitoral, local de votação e seção correspondentes.

A execução dos procedimentos caberá a cada Zona Eleitoral, as quais utilizarão, além dos servidores dos Cartórios, os 344 auxiliares de apoio às eleições contratados para atuar durante a preparação das eleições no Rio Grande do Norte.