domingo, 14 de setembro de 2014

Pesquisa Consult em Natal: Henrique Alves abre vantagem e Wilma de Faria lidera com pequena vantagem

Candidato do PMDB, Henrique Eduardo Alves lidera a nova pesquisa da Consult/O Jornal de Hoje, divulgada no último sábado (13). Tanto no levantamento estimulado, quanto no espontâneo, o peemedebista leva vantagem, assim como sua companheira de chapa, a ex-governadora Wilma de Faria, do PSB, candidata ao Senado Federal.

Segundo o levantamento da Consult, feito somente em Natal, na pesquisa espontânea, Henrique Alves aparece com 22,1% das citações dos entrevistados, contra apenas 12% do principal adversário, o vice-governador Robinson Faria, do PSD. Robério Paulino, do PSOL, surge com 2,1%; Simone Dutra (PSTU), com 0,7% e Araken Farias (PSL), com 0,3%. 19,1% disseram não votar em ninguém e pouco mais de 43% responderam que ainda estão indecisos sobre a disputa para o Governo do RN.

No levantamento estimulado feito pela Consult em Natal, a vantagem de Henrique continua. Afinal, o peemedebista atingiu os 37% das intenções de voto, contra apenas 24% de Robinson Faria. Robério Paulino atingiu apenas 2,9%; Simone Dutra, 2%; e Araken Farias (PSL), só 0,8%. Na pesquisa estimulada, 20,3% disseram não votar em nenhum dos candidatos e 13% afirmaram ainda estarem indecisos – mostrando que o percentual diminuiu consideravelmente entre espontâneo e estimulada.

SENADO - No caso da disputa pelo Senado Federal, na pesquisa estimulada também é possível encontrar uma redução do número de indecisos para apenas 8,8%. Contudo, a “dianteira” não mudou: Wilma segue na frente, com 35,1% dos votos, contra 34,1% de Fátima Bezerra. A professora Ana Celia atingiu 1,7%; Roberto Ronconi (PSL), 1,6%; e Professor Lailson, 1,4%. Os que disseram não votar em nenhum dos candidatos atingiu a marca de 17,1%.

Na espontânea para o Senado Federal, Wilma de Faria também está à frente, chegando aos 23,2% das intenções de voto. A candidata do PT, Fátima Bezerra, ficou com 21,4%. Segundo a Consult, a Professora Ana Célia, do PSTU, teve 0,6%; o professor Lailson, do PSOL, e Roberto Ronconi, do PSL, tiveram 0,3%. Ainda de acordo com a Consult, 15,3% dos entrevistados disseram não votar em nenhum dos candidatos na pesquisa espontânea e os indecisos chegaram a 38,9% neste levantamento.

DEPUTADO ESTADUAL E DEPUTADO FEDERAL - Além da pesquisa para Governo e Senado, a Consult levantou os números na corrida para a Câmara Federal e a Assembleia Legislativa. Contudo, nesses quesitos, é possível constatar que o número de indecisos ainda é alto. Afinal, dos 1000 entrevistados, 570 disseram não saber em que votarão, por exemplo, para deputado federal, e outros 202 disseram não votar em ninguém. Ou seja, apenas 238 eleitores de Natal disseram já ter candidato para a Câmara Federal.

Na disputa pela Assembleia Legislativa, os números não são muito diferentes. Isso porque o “não sabe” atingiu 54,4% das intenções de voto e “nenhum” chegou aos 18,3%. A pesquisa da Consult não fez levantamento estimulado para a Câmara nem para a Assembleia. As perguntas foram, apenas, espontâneas, por isso, alguns dos citados, nem candidatos são, como a atual deputada estadual Gesane Marinho, do PSD, que não irá concorrer nas eleições deste ano.

De qualquer forma, dos 238 eleitores que responderam ter nome para deputado federal, 35, ou melhor, 3,5% disseram votar no deputado estadual Walter Alves, do PMDB. Felipe Maia (DEM) foi o segundo, com 2,6%; empatado com Fábio Faria (PSD), 2,6%. Rogério Marinho, do PSDB, e Rafael Motta, do PROS, ficaram empatados com 1,4%. Antônio Jácome, do PMN, teve 1,3%. Sávio Hackradt (PDT), com 0,9%; Zenaide Maia (PR), 0,9%; Hugo Manso (PT), 0,8%, completam a lista dos primeiros.

Na disputa pela Assembleia Legislativa, o mais citado foi o deputado estadual Fernando Mineiro, candidato à reeleição pelo PT. Ele teve 1,9% das citações. Dagô, do DEM, foi o segundo, com 1,8%, empatado com Hermano Morais (PMDB). O Bispo Francisco de Assis, do PSB, apareceu com 1,5%; seguido por Adão Eridan, do PR, com 1,2%; Albert Dickson, do PROS, com 1,2%; e Jacó Jacome (PMN), Luiz Gomes (PEN) e Marcia Maia (PSB), os três com 0,9%. Ricardo Motta (PROS), atual presidente da Assmebleia, chegou aos 0,8%, seguido pelos também deputados estaduais Kelps Lima (SDD), Gustavo Carvalho (PROS) e Agnelo Alves (PDT), os três com 0,7%.

A Pesquisa Consult foi feita entre os dias 5 e 8 de setembro e ouviu 1000 eleitores, das quatro regiões de Natal. Os resultados do levantamento estão sujeitos a um erro máximo permissível de 3.0%, com confiabilidade de 95%, o que significa que, se realizado 100 vezes, em 95 vezes os resultados obtidos estarão dentro dessa margem. A pesquisa foi registrada sobre os protocolos BR nº 00625/2014 e RN nº 00022/2014.

Nenhum comentário: