quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Greve dos professores da rede municipal e dos servidores da Saúde dos PSF de São Miguel chega ao fim após 16 dias

Em assembleias realizadas na tarde desta terça-feira (16) na Câmara Municipal de São Miguel, os professores da rede municipal de ensino e os Servidores da Saúde dos PSF do município decidiram suspender a greve de ambas as categorias que havia sido deflagrada no último dia 1º de setembro.

A suspensão da greve que durou 16 dias de deu após acordo firmado entre as categorias por meio do SINDSERVIS E SINDSAUDE e a gestão municipal, com o intermédio da Promotoria Pública da Comarca de São Miguel. Com o fim da greve as categorias já retomam as atividades nesta quarta-feira (17).

Durante as manifestações os professores da rede municipal reivindicam a implantação imediata do Piso Salarial do Magistério de 2014 retroativo a janeiro; atualização das classes (Progressão Horizontal no PCCR); Progressão Vertical de Títulos (PCCR); O pagamento dos Quinquênios não pagos de outubro de 2013 até está data; Pagamento das 10 horas dos efetivos e supervisores; Piso e Plano de carreiras para todas as categorias de servidores e a negociação do FGTS; Mais autonomia e transparência dos conselhos municipais; A limpeza e restauração de algumas escolas, entre outros itens.

Já os Servidores da Saúde dos PSF reivindicavam melhorias salarias e de trabalho, como o pagamento de insalubridade; Implantação do piso salarial nacional dos ACS retroativos; Os condicionados ao repasse do respectivo valor por parte da união; Os quinquênios para todos os servidores do serviço público de saúde do município; Entre outras melhorias.

Nenhum comentário: