quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Dezesseis prefeituras do RN ficaram com saldo zero na 2ª parcela de janeiro do FPM

Dezesseis prefeituras do Rio Grande do Norte registraram, pela segunda vez em 2015, saldo zero nas respectivas contas bancárias destinadas à movimentação dos recursos oriundos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Na primeira parcela, depositada no dia 9 passado, um total de 38 prefeituras havia ficado com saldo zero. A primeira parcela do FPM deste mês janeiro ficou 31,5 por cento abaixo da primeira parcela de janeiro de 2014.

Os recursos referentes à segunda parcela do FPM de 2015 foram depositados pela Secretaria do Tesouro Nacional na noite da segunda-feira, 19, nas contas das prefeituras.

O saldo zero é registrado quando, deduzidas as contribuições para as áreas da Saúde, Educação e Pasep, os recursos são insuficientes para arcar com as contribuições previdenciárias.

Ficaram com saldo zero pela segunda vez em janeiro as prefeituras dos seguintes municípios: Alto do Rodrigues, Areia Branca, Baraúna, Canguaretama, Extremoz, Governador Dix-sept Rosado, João Câmara, Maxaranguape, Nísia Floresta, Parnamirim, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pureza, Santo Antônio e São José de Mipibu.

Nenhum comentário: