quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Licenciamento de veículos de placas finais 1 e 2 é prorrogado pelo Detran/RN

O Detran prorrogou para os dias 26 e 27 deste mês os vencimentos da taxa de licenciamento dos veículos com placas de finais 1 e 2. A decisão foi determinada pela portaria 102/2015 publicada hoje (04) no Diário Oficial do Estado (DOE). O motivo da mudança foi à dificuldade do envio dos carnês para as residências dos proprietários em tempo hábil.

O valor do licenciamento não sofreu reajuste, permanecendo R$ 60, independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. O cliente dispõe da opção de emitir a segunda via do boleto de pagamento diretamente na página eletrônica da Detran (www.detran.rn.gov.br), digitando a placa do veículo e o número do Renavam. No local, também estão disponíveis as informações sobre as datas e guias de liquidação do IPVA e do Seguro Obrigatório.

No caso do proprietário ser correntista do Banco do Brasil, o pagamento poderá ser realizado diretamente no caixa eletrônico, sem necessidade do boleto bancário. Nessa mesma linha de proporcionar comodidade ao cliente e evitar filas na sede do Departamento, a direção geral do Detran realizou uma reunião com a supervisão da rede Pague Fácil, que disponibilizou a relação dos endereços dos pontos de pagamento da empresa em todo o Estado. A medida acrescenta mais uma alternativa de quitação das taxas e dos débitos referentes ao Detran. A listagem dos endereços pode ser acessada clicando aqui.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, o RN conta atualmente com quase 200 mil veículos cadastrados com placas finais 1 e 2. O número é referente a 19,05% de toda a frota relacionada no Estado. A validade do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) 2014 desses automóveis tem validade até o último dia do mês de setembro deste ano. Somente após a comprovação da quitação da taxa de licenciamento, IPVA e Seguro Obrigatório é que o proprietário recebe o CRLV em sua residência, desde que não exista nenhum outro débito.

Nenhum comentário: