terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Projeto vai beneficiar mais de 2.600 catadores de recicláveis no RN

A secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social do Rio Grande do Norte, Julianne Faria, e a secretária Adjunta, Maira Almeida, se reuniram na tarde desta segunda-feira (23) com os coordenadores do projeto de Inclusão Socioprodutiva de Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis do Rio Grande do Norte.

Na ocasião, foram apresentados os principais pontos do projeto e as metas a serem alcançadas. Um dos coordenadores do projeto, Guilherme Tinoco, ressaltou que o programa tem como principal objetivo abrir novas portas para os catadores do Rio Grande do Norte, identificar e beneficiar cerca de 2.600 de 32 municípios.

A secretária Julianne Faria falou sobre a importância do projeto. “É um projeto que vai capacitar as famílias, permitindo que elas tirem seu próprio sustento com base no que aprenderam”, disse.

A meta principal do projeto é promover a inclusão socioprodutiva de catadores, e fomentar empreendimentos econômicos solidários nos município onde ele será implantado, além de ações de qualificação profissional. São contabilizados hoje no RN, segundo o relatório do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do RN (PEGIRS/RN)  1.038 catadores, distribuídos  em 146 municípios.

Nenhum comentário: