segunda-feira, 30 de março de 2015

Programa Escola Aberta retoma e amplia atividades em escolas estaduais do RN

O programa Escola Aberta está retomando atividades em escolas da rede estadual da Educação com ações de inclusão social, cidadania, esportes e lazer. O programa tem o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade da Educação, a inclusão social e para uma cultura de paz com a abertura de escolas púbicas nos finais de semana para os alunos e comunidade.

O atendimento do programa terá ampliação de 14 para 69 escolas estaduais. Entre os municípios beneficiados com escolas inseridas na nova fase do programa Escola Aberta estão Natal, Mossoró, Parnamirim,  Nova Cruz, Ielmo Marinho, Lajes, Santa Cruz, Angicos, Parelhas. Caicó, Umarizal, João Câmara, Tibau e Venha Ver.

O programa, segundo informa seu coordenador no RN, professor Lamartine Cariello, abre as escolas localizadas em áreas de vulnerabilidade social nos finais de semana para seus alunos e comunidade oferecendo oficinas de educação, lazer, cultura e esporte. As oficinas são recreativas e de lazer, informativas e formativas. O programa também conta com oficinas oferecidas pelo Ministério da Educação.

O programa executado pela Coordenadoria de Desportos (Codesp) da Secretaria da Educação do RN disponibiliza monitores de Educação Física para a condução das oficinas de Esporte, Dança, Teatro, Cinema Comunitário, Recreação, Show e Feira (recreativas e de lazer).

As oficinas informativas são palestras diversas (DST, gravidez precoce, direito do consumidor e adolescência). As oficinas formativas abrangem cursos de formação de cabeleireiro, informática, marcenaria, artesanato, corte e costura, bordado, manicura/pedicura, eletrônica, culinária e mecânica. Entre as oficinas oferecidas pelo MEC, estão os cursos de Leitura, Direitos Humanos e Cultura da Paz.

Os recursos para execução do programa já estão assegurados pelo Governo Federal através do Ministério da Educação e UNESCO. São parceiros do programa  Escola Aberta, o Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério do Esporte, Ministério da Cultura, Núcleo Estadual para a Paz e Direitos Humanos, e programa Mais Educação.

Nenhum comentário: