quarta-feira, 20 de maio de 2015

Agentes penitenciários do RN realizam paralisação em todos os presídios do estado nesta quarta-feira

Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte realizam, nesta quarta-feira (20), uma paralisação de 24 horas em todas as unidades prisionais do estado, conforme havia sido deliberado pela categoria, no último dia 11. Além da paralisação, os agentes promovem um ato público em frente ao prédio da Governadoria, a partir das 9h. Apenas os serviços básicos e de urgências serão mantidos em funcionamento.

A categoria aguardava uma resposta oficial do Governo do Estado referente ao projeto de valorização dos agentes penitenciários, através do envio do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações. No entanto, mesmo o projeto estando pronto desde o ano passado, até o início da noite desta terça-feira (19), a equipe do Governo não apresentou a data de envio da mensagem para a Assembleia Legislativa.

“Vale ressaltar que, em assembleia realizada no dia 28 de abril, a categoria tinha deliberado que iria aguardar por uma reunião com o Governo do Estado até o dia 8 de maio. Como isso não aconteceu, na assembleia do dia 11, os Agentes votaram por uma paralisação. No entanto, no dia 14, o Governo convocou o Sindasp para uma reunião”, explica Vilma Batista, presidente do Sindicato.

Ela destaca que, a respeito da pauta do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração, o governador Robinson Faria solicitou ao Consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre, que apresentasse seu parecer até esta segunda-feira (18), para que o secretário de Planejamento, Gustavo Nobre, fizesse a análise dos impactos e, nesta terça-feira (19), o Governo apresentasse uma possível data para o envio da minuta do PCCR.

“Fomos para a Governadoria em busca de uma resposta, mas, até o início da noite o Governo não apresentou oficialmente um cronograma. Com isso, como a categoria já havia deliberado pela paralisação, o movimento está mantido para esta quarta-feira”, completa a presidente do Sindasp.

Vilma Batista ressalta ainda que os Agentes Penitenciários têm uma pauta de reivindicações que inclui reestruturação dos presídios, aquisição de materiais de trabalho, nomeação de novos agentes e o envio do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração para a Assembleia Legislativa.

Nenhum comentário: