domingo, 24 de maio de 2015

Audiência Pública discutiu as possíveis soluções para o problema da falta de água do município de São Miguel

A Câmara Municipal de São Miguel promoveu na tarde da última quinta-feira (21) mais uma audiência pública para discussão das possíveis soluções para o problema da falta de água que afeta todo o município de São Miguel.

Durante a audiência proposta pela Presidente da Casa Legislativa, vereadora Adalcina Vieira de Almeida (PP), foram apresentadas algumas propostas imediatas e a longo prazo para a resolução do problema que tem causado muitos prejuízos aos moradores do município.

A audiência contou com a presença dos vereadores, Prefeito Dário Vieira, Presidentes de Sindicatos ligados à agricultura, secretariado municipal, funcionários públicos, representantes de igrejas, Caixa Econômica Federal e da sociedade civil.

Durante a sua fala a vereadora Aldacina Vieira destacou que, “desde 2013, venho ancorando essa luta com relação à falta de água no nosso município, juntamente com a prefeitura, outros colegas parlamentares, autoridades, amigos e população interessada no assunto”.

A Vereadora destacou que 2013, exatamente no mês de abril, foi lançado o Movimento ‘SOS Seca’, onde foram colhidas assinaturas, enviado relatório do movimento, juntamente com o projeto da Barragem Poço de Varas para as três esferas de governo: Municipal, Estadual e Federal e em seguida, em nível regional, foi lançado o movimento SOS Água com as principais cidades em situação semelhante à São Miguel.

Desse movimento, gerou-se um relatório e lido para o então Ministro da Previdência, senador Garibaldi Filho, por ocasião da inauguração da Agencia do INSS de São Miguel, no ano de 2014, seguidas de audiências públicas realizadas nesta Casa legislativa.

“O problema de abastecimento de água no município não é um problema de só um, é um problema de todos. Por isso conclamo a todos, para estar nesta luta. As cidades de Coronel João Pessoa e Venha-Ver, nas pessoas de Pachica e Expedito, estão irmanados nesta empreitada. Não podemos brincar com o problema da falta de água. Trabalhei, trabalho e continuarei trabalhando, cuidando da nossa gente, na certeza de que essa batalha venceremos” declarou o Prefeito Dario Vieira durante a sua fala.

Já o empresário Roberto Estevam, mesmo sendo de outra cidade (Pereiro), entrou na luta pelo abastecimento de água em São Miguel e afirmou, também, que essa luta não pode ser só de políticos e sim de todos envolvendo, sobretudo, o segundo setor.

O empresário do ramo de telecomunicações aproveitou o espaço para apresentar um projeto no qual sugere a construção de uma barragem na comunidade do Sítio Pescaria na Zona Rural de Coronel João Pessoa, a qual teria uma capacidade de armazenamento de cerca de 100 milhões de metros cúbicos e seria responsável por abastecer e solucionar os problemas hídricos dos municípios de São Miguel, Coronel João Pessoa, Doutor Severiano e Venha-Ver.

*assecom

Nenhum comentário: