terça-feira, 12 de maio de 2015

Professores da Uern aprovam indicativo de greve para o dia 18 de maio

A diretoria da Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN) reuniu na manhã desta terça-feira, 12 de maio, os professores em assembleia geral. A assembleia começou às 9h e seguiu até 11h30 com discussões sobre a campanha salarial.

Os professores discutiram duas propostas: aprovar um indicativo de greve para o dia 1º de junho ou aguardar a reunião com o governador Robinson Faria, agendada para quinta-feira, dia 14 de maio.

Ao final da assembleia foi marcado um novo encontro para a próxima sexta-feira (15), quando será apresentado o resultado da reunião com o governador. Também foi aprovado um indicativo de greve para segunda-feira, 18 de maio.

O motivo da assembleia foi o fato de que a primeira parcela do reajuste salarial, prevista para ser paga a partir deste mês de maio, possivelmente não será repassada. O reajuste seria de 12,035%.  O Reitor Pedro Fernandes já havia se reunido com a direção da ADUERN e do Sindicato dos técnicos.

*Gazeta do Oeste

Nenhum comentário: