sexta-feira, 22 de maio de 2015

Professores e técnicos da UERN aprovam greve por tempo indeterminado

Reunidos em assembleia, os professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aprovaram a greve a partir de segunda-feira (25), por tempo indeterminado. A decisão favorável à greve, já tinha sido tomada por técnicos administrativos, que também realizaram assembleia na manhã de hoje (22), sendo que os técnicos aprovaram a paralisação imediata das atividades.

A reação de professores e técnicos foi ocasionada devido à resposta negativa do Governo do Estado, que, após uma semana analisando as reivindicações dos segmentos, negou a possibilidade de assegurar o reajuste de 12,035%, referente à primeira parcela do acordo salarial que havia sido aprovado no ano passado.

Representantes da Associação dos Docentes (ADUERN) e do Sindicato dos Técnicos (SINTAUERN) souberam da posição do governo durante reunião realizada ontem (21) em Natal. Essa reunião não contou com a presença do governador Robinson Faria. A justificativa do governo é a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Durante a assembleia da ADUERN, assinaram o livro 157 professores. Houve apenas 12 abstenções e nenhum voto contra. Os professores se reúnem na tarde de hoje para discutir a agenda de atividades.

*Gazeta do Oeste

Nenhum comentário: