quarta-feira, 20 de maio de 2015

VI Ursap sediou encontro sobre ações de controle da tuberculose na região do Alto Oeste

Técnicos do Programa Estadual de Controle da Tuberculose, do Laboratório Central, da UNICAT e da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA) participaram de um encontro ontem (19) na VI Unidade Regional de Saúde Pública, em Pau dos Ferros, para supervisionar e fazer um levantamento das ações de controle da tuberculose na região do Alto Oeste potiguar.

Na reunião, que teve como público alvo os coordenadores de Tuberculose e os bioquímicos dos 37 municípios que compõem a 6ª Região de Saúde, foram abordadas questões relacionadas à assistência farmacêutica, práticas laboratoriais e sistema de informações-SINAN.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Controle da Tuberculose (PECT-RN), Valéria Nepomuceno Santos, o Rio Grande do Norte notificou 1.348 casos de tuberculose em 2014. Aproximadamente, 60% destes casos estão concentrados nos municípios de Natal, Mossoró e Parnamirim. Para impedir a cadeia de transmissão, ela explica que é importante que, dos casos notificados, 85% sejam curados.

A VI Ursap registrou 41 casos de tuberculose em 2014. A maior incidência foi em Tenente Ananias com oito, seguido de Alexandria e Patu com quatro casos cada. Dos 37 municípios, apenas vinte notificaram e dezessete aparecem no sistema como ‘silenciosos’, isto é, não constam informações precisas – nem indicadores - sobre casos da doença.

Valéria Nepomuceno informou, ainda, que a Sesap, através do PECT-RN, está homenageando os municípios e unidades de saúde potiguares que se destacaram em ações de controle da tuberculose no ano de 2014. “Os municípios e unidades homenageados, em algumas regiões, receberam uma certificação em reconhecimento pelos serviços prestados.

Já os profissionais das equipes de saúde dos municípios e Unidades de Saúde contempladas ganharam um kit, contendo camiseta, bolsa e caneta alusivas à campanha de prevenção à doença cujo tema é ‘Juntos Pelo Fim da Tuberculose’”, destacou.

Nenhum comentário: