domingo, 4 de outubro de 2015

Jovem que salvou a família de incêndio na zona rural de São Miguel morre após 13 dias internado

Morreu no último sábado (03), em um dos leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, o jovem Luciano Alves de Lima, de 20 anos, que salvou a família durante um incêndio no Sítio São Pedro na zona rural de São Miguel.

A tragédia aconteceu no último dia 20 de setembro e teria sido causada pela explosão de um botijão de gás de cozinha, ocasião em que segundo testemunhas, o jovem ao perceber o fogo, tentou retirar o botijão de dentro de casa para salvar a família.

Segundo o técnico de enfermagem do hospital local, Janiedson Pessoa, o jovem teve 90% do seu corpo queimado. “Foi um herói”, destacou o Janiedson Pessoa, que ajudou no socorro da vítima. Além das graves queimaduras no jovem, a explosão ainda provocou a destruição completa da residência e queimaduras leves em um dos familiares.

A tragédia mobilizou toda a cidade de São Miguel, que lançou uma campanha para recolher alimentos, roupas e dinheiro para ajudar a reconstruir a vida da família. De acordo com a recepcionista Hilderica Neves, que está colaborando na campanha, “as doações foram muito satisfatórias na arrecadação de alimentos e roupas”. “Agora estamos buscando recolher dinheiro e material de construção, para que seu Aristides [pai do estudante] possa reconstruir sua casinha. Eles são muito humildes”, informou.

As doações podem ser deixadas direto na comunidade, onde a família está abrigada em uma residência abandonada, ou com Hilderica Neves, através do telefone (84) 99818-6798. Em São Miguel diversos pontos de doações também estão disponíveis.

Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário: