quarta-feira, 18 de novembro de 2015

RN tem 73 casos de zika vírus confirmados e mais de 6 mil suspeitos, diz Sesap

O Rio Grande do Norte teve, neste ano, 73 casos de zika vírus confirmados e 6.261 notificados, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (18) pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

Segundo a Sesap, os municípios que mais registraram casos de zika vírus foram Natal, com 22, Parnamirim, com 14, e Guamaré, com 10. Para o Ministério da Saúde, o vírus é a causa mais provável para o aumento dos casos de microcefalia no Nordeste. Enquanto entre 2010 e 2014 foram nove registros da malformação em recém-nascidos confirmados, neste ano o RN já tem 47 casos.

A zika é uma doença viral, benigna e tem cura. Porém, exames laboratoriais feitos pela Fiocruz apontaram a presença do genoma do vírus Zika em amostras de duas gentantes cujos fetos já foram confirmados com a microcefalia através de exames de ultrassonografia. O material genético (RNA) do vírus foi detectado em amostras de líquido amniótico, com o uso da técnica de RT-PCR em tempo real.

Dengue - O número de casos registrados de dengue até o dia 7 de novembro o número de casos confirmados é 116,33% maior que no ano passado. Até a data eram 5.528 casos confirmados, enquanto haviam 26.577 suspeitos.

Atualmente, 95 municípios do RN apresentam alta incidência da dengue, 30 estão com incidência média, 30 com baixa e 12 com incidência silenciosa, ou seja, não notificaram nenhum caso suspeito de dengue, o que aponta uma necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a responsabilidade de notificarem todos os atendimentos que se enquadrarem na definição de caso suspeito para dengue definido pelo Ministério da Saúde.

Nenhum comentário: