sexta-feira, 22 de abril de 2016

STF autoriza quebra de sigilo bancário e fiscal de José Agripino e Felipe Maia

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do presidente do DEM, o senador José Agripino Maia, do seu filho, o deputado federal Felipe Maia (DEM) e outras 14 pessoas. A decisão atendeu pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) que investiga um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, além dos dois parlamentares e empresas ligadas a eles, a medida atinge ainda outros familiares do senador, assessores, como seu motorista e chefe de gabinete, e servidores públicos. Os sigilos serão afastados entre 2010 e 2015.

O jornal informou ainda que Agripino é investigado em um inquérito que apura a negociação do pagamento de propina da empreiteira OAS no período da construção da Arena das Dunas.

O senador José Agripino, por meio de nota, informou que a quebra do sigilo trará mais agilidade para os esclarecimentos dos fatos. "As providências requeridas vão acelerar o processo de esclarecimento dos fatos investigados. Tenho certeza que tornarão clara a improcedência da acusação que me é feita, de conduta irregular na construção da Arena das Dunas".

Nenhum comentário: