segunda-feira, 20 de junho de 2016

RN conquista prêmio mundial com projeto de combate à desertificação

No Dia Mundial de Combate à Desertificação, o Governo do Rio Grande do Norte foi premiado pela Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos das Senas - UNCCD (sigla em Inglês) por seu projeto Piloto de Combate à Desertificação no Seridó. A solenidade de premiação ocorreu na última sexta-feira (17), no Ministério do Meio Ambiente, em Brasília.

A iniciativa do governo estadual contemplará nove associações dos municípios de Carnaúba dos Dantas, Parelhas e Equador, com objetivo de promover a redução e mitigação dos efeitos da degradação em terras susceptíveis à desertificação a partir de ações como a reportagem do solo, manejo de paisagens, proteção e recuperação de recursos naturais.

A especialista ambiental do Banco Mundial, Clarisse Dall'Acqua, que acompanha o piloto de desertificação participou da solenidade para comemorar a conquista. “Vim prestigiar e aplaudir o trabalho que está sendo realizado pelo Governo do Rio Grande do Norte”, disse.

Outro que esteve presente foi o representante do FAO no Brasil, Alan Bojanic. Na ocasião ele afirmou que todas as iniciativas para combater a desertificação são bem vindas. "Podemos trabalhar de maneira conjunta e tratar melhor o solo brasileiro, essa troca de experiência é salutar. Mostra que estamos no caminho certo".

Todos os projetos do RN terão 100% de financiamento do estado através da Secretaria de Planejamento e da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, com recursos do Projeto RN Sustentável por meio do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

Além das pastas já citadas e do Banco Mundial, o projeto Piloto conta com as parcerias do Ministério do Meio Ambiente, Instituto Nacional do Semiárido, Secretaria de Maio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do RN e Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente.

Mostra Fotográfica - E paralelo à premiação, aconteceu a mostra fotográfica "Vaqueiros da Caatinga" do fotógrafo oficial do RN Sustentável, João Vital. O material é fruto de um trabalho de seis anos registrando a caatinga nos estados do Rio Grande do Norte e Sergipe. Ele também foi homenageado pelos 25 anos atuando na captura e divulgação do bioma caatinga nordestina e seus integrantes.

Nenhum comentário: