quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Caminhão carregado de palma vira na serra de São Miguel e deixa oito trabalhadores feridos

Um caminhão carregado com palma (alimento de gado) tombou na tarde desta terça-feira, 27, e deixou oito pessoas feridas quando descia a Serra de São Miguel, precisamente entre o trevo de acesso ao município de Doutor Severiano e a cidade de Encanto, no Alto Oeste. As vítimas são trabalhadores de são Francisco do Oeste que vinham de São Miguel com destino a Pau dos Ferros.

De acordo com a Polícia Militar (Pelotão de Trânsito) de Pau dos Ferros, o motorista José Vandeilson relatou que perdeu o controle do veículo porque faltou freio e puxou a direção do caminhão para a direita, o que segundo o Sargento Pinheiro, que foi ao local, salvou as vítimas de algo mais grave.

"Porque do outro lado é um penhasco, então se ele tivesse puxado para o outro lado ou não conseguido puxar para a direita, eles teriam capotado (é um penhasco) e com certeza não teria escapado ninguém. Isso salvou eles", detalhou o PM.

Uma das vítimas chegou a ficar presa às ferragens. O corpo de Bombeiros e equipes do Samu da região, que ficam em Pau dos Ferros, foram acionados. As vítimas foram levadas para o Hospital Regional Doutor Cleodon, em Pau dos Ferros.

As vítimas são:

José Vandeilson Bezerra da Silva (motorista),
Francisco Marques da Silva,
Francisco Edson da Silva Lima,
Francisco Clemente Pereira da Silva,
Francisco Fagner Pereira da Silva,
Adão Clemente de Oliveira,
Antônio Cesar Fernandes Lopes
Gecivan Freire da Silva
Gerivan Freire da Silva

Segundo a enfermeira Elbe, do Hospital Regional de Pau dos Ferros nenhuma vítima estava grave e que algumas já tinham sido liberadas. Francisco Edson foi liberado após fazer exames de raio x, porem em casa estava se queixando de muitas dores.

Um dos acidentados teve cortes profundos no rosto, precisando passar por mini cirurgias de correção. Outros dois pacientes estão com muitos hematomas em todas as partes do corpo. Os familiares avaliam a possibilidades de leva-los, com recursos próprios, para submete-los a exames no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde tem mais equipamentos e especialidades médicas.

*Mossoró Hoje

Nenhum comentário: