sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Sesap apresenta boletim com o número consolidado dos casos de dengue, febre de chikungunya e zika vírus no RN em 2016

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou boletim atualizado sobre a situação epidemiológica da dengue, febre de chikungunya e zika vírus no Estado do Rio Grande do Norte no ano de 2016. O boletim é um consolidado de todo o ano passado, com dados até a semana epidemiológica n° 52, coletados até o dia 31 de dezembro.

Dengue - No Rio Grande do Norte foram notificados 63.482 casos suspeitos de dengue em 2016, até a semana epidemiológica número 52 (terminada em 31/12/2016). Um aumento importante no percentual quando comparado ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 28.074 casos suspeitos.

Dos 63.482 casos notificados, 9.686 (15,26%) foram confirmados, sendo 9.593 para dengue, 83 como dengue com sinais de alarme e 11 como dengue grave. Em 2015 no mesmo período foram confirmados 6.023 (21,45%), sendo 5.941 para dengue, dengue com sinais de alarme foram 63 e 19 como dengue grave.

No que se refere aos casos que evoluíram para óbito por Dengue Grave no ano 2016, até o momento foram confirmados 11, distribuídos em 6 municípios do Estado, sendo: 06 em Mossoró, 01 em Currais Novos, 01 Pedro Avelino e 01 Jardim do Seridó, 01 São Francisco do Oeste e 01 em Serra de São Bento.

Chikungunya - Em 2016 foram notificados 27.288, sendo confirmados 8.307 casos (critérios laboratoriais, clínicos e epidemiológicos). No ano de 2015, no mesmo período, foram notificados 4.703 casos de Chikungunya, sendo confirmados no mesmo período apenas 07 casos.

No que se refere aos casos que evoluíram para óbito por Chikungunya no ano 2016, até o momento foram confirmados 33, distribuídos em 10 municípios do Estado, sendo: 18 em Natal, 04 em São Gonçalo do Amarante, 02 em João Câmara, 02 em Mossoró, 02 em Currais Novos, 01 em São Rafael, 01 em Guamaré, 01 em Macaíba, 01 em Parnamirim e 01 em Jardim do Seridó.

Zika - Foram notificados 5.841 em 2016, com 168 confirmações. Já no ano de 2015, foram notificados 8.743 casos suspeitos de zika vírus, com 113 casos confirmados. No que se refere aos casos que evoluíram para óbito por zika no ano 2016, até o momento foram confirmados 03 óbitos, distribuídos em dois municípios do Estado, sendo 02 em Natal e 01 em Ceará-Mirim.

Configura o Boletim

Nenhum comentário: