quinta-feira, 6 de abril de 2017

Agentes encontram celulares, drogas e alambique artesanal no Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros

Agentes penitenciários fizeram uma revista de rotina no Complexo Penal de Pau dos Ferros e encontraram um alambique artesanal, além de drogas e aparelhos celulares. O material, que estava dentro de uma das 16 celas da unidade, foi descoberto na noite desta quarta-feira (5).

Segundo o Secretário de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, as revistas feitas à noite são propícias para que se encontrem os objetos proibidos fora dos esconderijos.

O alambique artesanal funcionava improvisado com um galão de água mineral de vinte litros, fios e uma garrafa pet. Os presos usavam restos de alimentos, como frutas, arroz e pão para produzir a bebida. Os alimentos eram colocados em dois baldes, onde passavam por um processo de fermentação alcoólica. Depois de pronta, a cachaça - mais conhecida como 'maria louca' - era armazenada em embalagens de refrigerante.


Todo o material apreendido foi entregue à Coordenadoria de Administração Penitenciária, que deve abrir uma sindicância para apurar como o material entrou na unidade. O Complexo Penal de Pau dos Ferros abriga presos dos regimes fechado e semiaberto e conta hoje com 160 detentos. A capacidade é de 80 presos.

Nenhum comentário: