sexta-feira, 30 de junho de 2017

Prazo para saque do PIS/Pasep termina nesta sexta, mas será reaberto

Quem não tiver possibilidade de sacar hoje (30) o abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação de Patrimônio do Servidor Público (Pasep,) referente ao ano-base 2015, terá nova chance. Em vez de ser encerrado definitivamente nesta sexta-feira, como estava previsto, o prazo será reaberto em 27 de julho e o trabalhador terá até 28 de dezembro para sacar o dinheiro.

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou ontem (29) a reabertura do prazo. A proposta foi apresentada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que atendeu a pedidos feito pelo representante dos trabalhadores no colegiado. Segundo o ministro, 1,57 milhão de pessoas – 6,5% do total com direito ao abono – ainda não fizeram o saque do benefício referente a 2015. Na mesma reunião, o Codefat aprovou o calendário para saque do abono referente ao ano-base 2016, que também começará em 27 de julho.

Cada trabalhador pode ter até R$ 937 a receber, um salário mínimo. O valor varia de acordo com o tempo em que o trabalhador esteve formalmente empregado no ano de referência. É preciso ter trabalhado por no mínimo 30 dias, com remuneração média mensal de até dois salários mínimos. Também é necessário estar inscrito nos programas há pelo menos cinco anos.

É preciso ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Os valores não sacados são destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O abono do PIS é pago pela Caixa Econômica Federal a trabalhadores do setor privado. Já o Pasep é pago pelo Banco do Brasil a servidores públicos.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que tem o Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa, mediante a apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07, da Caixa.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil levando um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Professores da rede municipal de Dr. Severiano deflagram greve por tempo indeterminado

Professores do município de Doutor Severiano, Alto Oeste do estado, iniciaram greve geral nesta sexta-feira, 30, contra o que qualificam como um “pacote de maldades” que estaria sendo aplicado pela prefeitura local com prejuízo a direitos adquiridos por servidores que atuam na área da educação.

A greve anunciada por tempo indeterminado foi amadurecida no decorrer da semana e teve como estopim o Projeto de Lei no. 016/2017 que estaria prestes a ser aprovado, e estabelece uma série de mudanças na rotina de trabalho e direitos trabalhistas.

Em meio às insatisfações da categoria, encontra-se a aplicação da jornada de trabalho de 30 horas semanais, a alteração dos coeficientes correspondentes aos ativos de carreira, a redução de 5% para 3% da variação percentual entre as classes de carreira.

Os professores reclamam ainda da redução no período de férias dos professores, a extinção do quinquênio, além da livre nomeação e exoneração para o exercício das funções de suporte pedagógico das unidades escolares partindo do executivo.

No decorrer da semana os professores emitiram uma nota de repúdio voltada para a sociedade local onde apontam os pontos de impasse com o executivo.

Na nota, é destacado que os professores não concordam com as medidas adotadas pela prefeitura local, e que o executivo não reconhece a atuação do Sindicato dos Servidores Municipais de Doutor Severiano e Encanto, entidade que representa os servidores públicos municipais, o que estaria prejudicando a abertura de diálogo para a discussão das medidas consideradas arbitrárias.

Com a greve, os alunos da cidade serrana ficam sem aula por tempo indeterminado. Segundo representantes dos servidores, caso a prefeitura não abra diálogo com os professores, a greve poderá ser estendida a outros segmentos funcionais do município.

NOTA DE REPÚDIO

Caros educadores, educadoras, senhoras e senhores severianenses.

No dia 22 de Julho de 2013, foi instituído o Plano de Cargo, Carreira e de Remuneração do Magistério Público Municipal de Doutor Severiano, dispondo, nos termos da Constituição Federal de 1988, na LDB de 1996; na lei do Piso Nacional dos professores de 1998 e nas leis municipais que versam sobre a organização do Magistério Público do Município, estruturando, assim, a carreira docente.

Portanto, já existe um Plano de Carreira para os professores, devidamente aprovado, o qual foi elaborado e discutido com a participação da gestão Municipal e da Câmara de vereadores de 2013, inclusive com o aval do atual secretário da educação, que era vereador naquela ocasião.

Entretanto, ainda em Janeiro de 2017, a gestão atual, com o aval da Câmara,  REVOGOU, importantes artigos do plano supracitado,  através da lei 475/2017  rebaixando os salários dos professores severianenses de modo que nos meses que se seguiram, a casa legislativa continuou aprovando sucessivos projetos que demonstram total descaso com a educação municipal.

O sindicato, por sua vez, não tinha como discutir estratégias para um NOVO PLANO, já que não concorda com a referida revogação, denominada pelo próprio gestor municipal, em posterior reunião com os professores, como “O PACOTE DE MALDADES”.

O fato é que esta administração não apenas ignora a entidade sindical dos servidores, como tenta denegri-la perante a sociedade, cujas ações aconteceram à revelia do sindicato e, consequentemente, dos próprios professores. Vale dizer que a representação sindical não se caracteriza por uma, duas ou três pessoas.

O sindicato somos todos nós: os servidores!

Diante disso, o SINDSEMDE- Sindicato dos Servidores Municipais de Doutor Severiano e Encanto –, alerta os professores para o risco do GOLPE FINAL contra eles: o projeto de lei, n· 016/2017, que já se encontra à disposição dos vereadores sob o risco de ser aprovado, culminando numa ação articulada, com anuência do executivo para a cassação dos direitos dos trabalhadores da educação.

Com isso, o SINDSEMDE, lança mão desta NOTA DE REPÚDIO, a fim de prestar esclarecimentos e convida toda a população para juntar-se à categoria de professores em defesa dos seus direitos, afinal, os professores os responsáveis diretos pela qualidade da educação dos nossos filhos.

*Fonte: O Mossoroense

Câmara de São Miguel emite votos de pesar pela morte da Prof.ª Dr.ª Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas

A Câmara Municipal de São Miguel representada pelo seu presidente em exercício vereador Ideus Costa Nunes Júnior, emitiu nesta quinta-feira, 29 de junho, nota com votos de pesar pela morte da micaelense Prof.ª Dr.ª Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas, diretora do Campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

A Prof.ª Dr.ª Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas faleceu na tarde da quarta-feira, dia 28 de junho, em um acidente de trânsito ocorrido na rodovia estadual RN-233, no trecho entre os municípios de Triunfo Potiguar e Paraú. Além da professora, faleceram no acidente o seu filho Daniel, a sua mãe Josefa Gomes de Queiroz e a jovem Bruna Queiroz de Carvalho.

Segue abaixo na íntegra a nota que foi lida em plenário e no velório da professora.

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL
Palácio João Pessoa de Amorim
PODER LEGISLATIVO

VOTOS DE PESAR

O Exmo. Sr. Ideus Costa Nunes Júnior, Presidente desta Câmara Municipal de São Miguel, juntamente com todos os Vereadores lamentam profundamente o falecimento da Senhora Prof.ª Dr.ª Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas, diretora do Campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, filha nata desta augusta cidade de São Miguel/RN.

Tanto a UERN, quanto nós, perdemos muito com o falecimento desta grande profissional aguerrida e atuante que se notabilizou por seu histórico de lutas em prol do ensino superior.

A Câmara lamenta ainda pela irreparável perda do seu filho, o pequeno Daniel, da sua mãe Josefa Gomes de Queiroz e da jovem Bruna Queiroz de Carvalho, falecidos no mesmo acidente que ceifou suas vidas.

O presidente desta Casa Legislativa, externa votos de pesar a toda à família e se solidariza nesse momento de profunda dor. O presidente reconhece também os relevantes serviços prestados pela Prof.ª Dr.ª Joseney Rodrigues a toda sociedade micaelense, em especial para com os estudantes do ensino superior.

IDEUS COSTA NUNES JÚNIOR
Presidente

São Miguel/RN, 29 de Junho de 2017,

Ideus Costa Nunes Júnior (Presidente em Exercício)
Mellyna Passos Maia Coelho (Presidente)
Alyson Cleiton da Silva
Carlos Alberto Silva
Carlos Aurélio Sampaio
Célio Gonçalves de Queiroz
José Edimilson de Carvalho
Francisco Célio Bezerra de Lima
Maria da Paz e Silva
Sandra Regina da Silva Oliveira

José Rogério da Silveira

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Governo do RN inicia hoje (29) o pagamento da folha de junho

O Governo do RN inicia nesta quinta-feira (29) o pagamento do funcionalismo de junho, quando deposita os salários dos 23.267 servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possuem recursos próprios, uma soma equivalente a R$ 50,1 milhões. 

Na mesma data, os servidores da Educação também recebem a primeira parcela do 13º salário, adiantamento que os servidores da Administração Indireta independente já receberam desde 24 de junho. O pagamento de 40% do 13º salário para os dois grupos, somado ao início da folha de junho, representa uma injeção de mais R$ 75 milhões na economia.

O pagamento de junho das demais categorias será realizado a partir da disponibilidade de caixa. O 13º salário do funcionalismo será quitado durante o exercício de 2017.

* Assessoria de Comunicação da SEPLAN-RN

quarta-feira, 28 de junho de 2017

UERN decreta luto pela morte da professora Joseney Queiroz

É com pesar que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) registra o falecimento da professora Dra. Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas, diretora do Campus Avançado Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM) sediado em Pau dos Ferros.

A professora Joseney Queiroz ocupava o cargo de diretora desde 19 de abril de 2016.

Ela sofreu um acidente automobilístico entre as cidades de Triunfo Potiguar e Paraú na região Oeste do Rio Grande do Norte.

A professora Joseney estava nos quadros da UERN desde 03 de março de 1998 lotada no Departamento de Economia do CAMEAM.

A bandeira da UERN já foi colocada a meio mastro na Reitoria e foi decretado luto oficial de três dias na universidade.

FPM: Municípios recebem nesta sexta (30) mais de R$ 1,8 bilhão referente ao terceiro decêndio

Os Municípios recebem na próxima sexta-feira, 30 de junho, o repasse do terceiro decêndio de junho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O montante transferido será de R$ 1.812.945.815,29, já descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que em valores brutos, ou seja, incluindo a dedução do Fundeb, o valor do último decêndio deste mês é de R$ 2.266.182.269,11.

A CNM fez um comparativo do 3º decêndio de junho deste ano com o mesmo período de 2016. Nesse cenário, a entidade aponta aumento de 7,87% em termos nominais, isto é, comparando os valores sem considerar os efeitos da inflação. Quando é levado em conta o valor dos repasses em termos reais – as consequências da inflação – o aumento do 3º decêndio de junho em relação ao mesmo decêndio de 2016 é de 4,49%.

Repasses em 2017  - No acumulado de 2017, o FPM soma nominalmente R$ 46,950 bilhões frente aos R$ 42,923 no mesmo período do ano anterior. Em termos nominais, o somatório dos repasses cresceu 9,38% do ano passado para o ano corrente. Se forem considerados os efeitos da inflação, o crescimento real do somatório dos valores repassados de janeiro a junho de 2017, na comparação com o mesmo período do ano anterior, foi um pouco menor: de 4,92%.

Julho - Em particular, no mês de julho, o FPM apresenta uma forte queda devido à sazonalidade da arrecadação ao longo do ano. Ela ocorre em função dos níveis de atividade econômica típicos de cada período. Nesse contexto, a CNM lembra que o alento para o mês de julho é o repasse de 1% extra do FPM, uma conquista municipalista da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios e promulgada em 2014 por meio da Emenda Constitucional 84 daquele ano.

Essa medida altera o artigo 159 da Constituição Federal e eleva, gradativamente, os recursos repassados pela União para o Fundo. Assim, o repasse passa dos então 23,5% para 24,5% do produto da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Esse dispositivo constitucional veio no sentido de procurar normalizar a queda do FPM nesse mês.

Vereadores aprovaram 09 requerimentos na 15ª Sessão Ordinária do ano

Em sessão plenária, a décima quinta no ano legislativo, realizada na ultima semana a Câmara Municipal de São Miguel debateu e aprovou 09 requerimentos de autoria dos parlamentares, nos quais os mesmos solicitaram ao Poder Executivo Municipal importantes benefícios para a população de São Miguel em diversas áreas, como segurança, esporte, infraestrutura e saúde.

De autoria do vereador Carlinhos de Chico Pedro (PSD) foram aprovados os Requerimentos de Nº 118/2017 que solicita a construção de uma passagem molhada no trecho que liga o Sitio Olho D’água ao Sítio Bonito dos Ferreiras e de nº 119/2017 que solicita a construção de Pavimentação na área da Capela de Santa Luzia no Sitio Porões.

Também de autoria do Vereador Carlinhos foi aprovado o Requerimento Nº 121/2017 que solicita a construção de um Posto de Saúde na Vila Cachoeira e o Requerimento Nº 122/2017 que solicita a construção de um Ginásio de Esportes no Sitio Cachoeirinha.

De autoria do Vereador José Edmilson (PSB) foi aprovado o Requerimento nº 120/2017 que solicita a SEURB a construção de duas Lombadas na Rua Vicente de Paulo Freitas e o Requerimento Nº 123/2017 que solicita a reposição de lâmpada no poste que fica próxima a casa de Zé Edmilson no Sitio Pau Branco e a conclusão do padrão da iluminação pública em frente ao bar de Sieldo no Sitio Pau Branco.

De autoria do Vereador Célio de Elizeu (PSDB) foi aprovado o Requerimento nº 124/2017 que solicita aos órgãos competentes o envio do Carro Fumacê para o combate ao mosquito Aedes aegypti no município e o Requerimento nº 125/2017 que solicita a CAERN a realização em caráter de urgência da manutenção nos tanques que ficam por trás da parede do açude do Sitio Bonito, pois os mesmos estão em situação de demolição.

Por fim, de autoria do vereador Dr. Carlos Sampaio (PTC) foi aprovado o Requerimento nº 126/2017 que solicita ao gestor municipal que este em caráter de urgência volte a fornecer os gêneros alimentícios necessários a manutenção dos policiais militares que prestam serviços em nossa cidade.

Servidores da saúde do RN iniciam greve por tempo indeterminado na sexta-feira

Os servidores da saúde do Estado iniciam uma greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira (30), mesmo dia da greve geral marcada pelas centrais sindicais. A partir das 09h, eles promovem o ‘Arraiá da Saúde na Greve Geral”, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. Em clima de festa junina, o protesto irá denunciar a situação salarial e as condições de trabalho dos servidores.

Os servidores da saúde de Natal também irão participar dos protestos nesta sexta. Às 15h, terá início a manifestação da greve geral contra as reformas, em frente ao Shopping Midway.

Entre as reivindicações, está o pagamento em dia e reajuste dos salários, ampliação das vagas do concurso público e a retirada de projetos enviados pelo governo para a Assembleia Legislativa, como o que aumenta em 3% na contribuição dos servidores ao Instituto de Previdência do RN (IPERN), e a garantia dos recursos necessários para a saúde do RN.

A principal reivindicação é o fim do atraso no pagamento. O salário de maio será concluído somente nesta quinta-feira (29), para servidores e aposentados que recebem acima de R$ 4 mil. “Estamos há quase dois anos nessa situação. O que era uma coisa excepcional virou regra. Só que não vamos nos acostumar a trabalhar sem saber quando receber”, afirmou Manoel Egídio, coordenador-geral do Sindsaúde-RN.

Os servidores cobram também o cumprimento de pontos do acordo judicial da greve passada – como a revisão da lei da Produtividade e o concurso público – pelo acordo, o edital deveria ter sido publicado em março deste ano.

Segundo dados da própria Secretaria de Saúde Pública (Sesap), três mil servidores se aposentaram desde 2014 (quando venceu o concurso anterior) e 44% da categoria já pediu ou está próximo de pedir a aposentadoria.

O sindicato pede ainda a ampliação das 404 vagas previstas para o concurso, e critica a proposta de contratos temporários.

A greve tem início durante a vigência do decreto de calamidade na saúde do RN, publicado no dia 06 de junho no Diário Oficial. Após o decreto, o governo anunciou três repasses de R$ 50 milhões do governo federal para a saúde estadual.

Governo do RN encerra folha de pagamento de maio na sexta-feira

O Governo do RN deposita nesta sexta-feira (30) o complemento salarial dos servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil, soma equivalente a R$ 66 milhões.

É importante destacar que a folha de maio vem sendo paga desde o dia 29 do referido mês e mais de 80% do funcionalismo já havia recebido integralmente os salários no início de junho.

*Assessoria de Comunicação da SEPLAN-RN

Bolsa Família: prazo final para inserção de dados das condicionalidades de saúde termina nesta sexta, 30

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que termina nesta sexta-feira, 30 de junho, o prazo para inserção dos dados de acompanhamento das condicionalidades de saúde no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (PBF) na Saúde. O Ministério da Saúde destaca que, até a semana passada, foram contabilizadas somente 59,51% de acompanhamento.

Dessa forma, a pasta aponta que os Municípios devem mobilizar os profissionais de saúde, especialmente da Atenção Básica, para fortalecer as ações de acompanhamento e registro condicionalidades do PBF na Saúde nesta reta final da 1ª vigência de 2017.

Destaca-se que, segundo a Portaria 81/2015, os Municípios com cobertura de acompanhamento das condicionalidades de saúde inferior a 30%, na atual vigência, não receberão o recurso do Índice de Gestão Descentralizado (IGD-M) na próxima vigência. O Ministério aponta, ainda, que Municípios e Estados possuem metas pactuadas para acompanhamento das condicionalidades de saúde, sendo recomendado como percentual de acompanhamento o mínimo de 73%.

*Agência CNM, com informações do Ministério da Saúde

terça-feira, 27 de junho de 2017

Órgãos públicos estaduais do RN terão ponto facultativo na próxima quinta-feira (29)

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte comunicou que os órgãos e repartições públicas estaduais terão Ponto Facultativo na próxima quinta-feira (29) em razão do Dia de São Pedro. Os serviços considerados essenciais funcionarão normalmente. Na sexta-feira (30), o expediente será normal.

Polícia Militar do RN completa 183 anos de criação

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte está completando nesta terça-feira (27/06/2017) 183 anos de criação.  Composta na atualidade por variados órgãos e serviços especializados, a Polícia Militar habita em todos os municípios do Estado do Rio Grande do Norte e conta com efetivo aproximado de 8.500 homens e mulheres que executam diuturnamente o policiamento ostensivo geral, com vistas a garantir a ordem, a segurança pública e a tranquilidade dos cidadãos sempre respeitando os Direitos Humanos.

O Coronel PM André Luiz Vieira de Azevedo, atual Comandante Geral da PMRN, ressaltou o orgulho de fazer parte desta história e desejou um feliz aniversário a todos os PMs, "A farda não é uma veste que se despe com facilidade e até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma irreversivelmente para sempre. No dia em que completamos 183 anos, queremos destacar que fazemos parte desta história e temos orgulho de dizer que somos SOLDADOS DA GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE. Desejamos um feliz aniversário a todos os audazes combatentes da PMRN!”



História - A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte foi criada no dia 27 de junho de 1834 na administração do Presidente Basílio Quaresma Torreão com o nome de Corpo de Polícia da Província e com o efetivo de 40 homens, a comando do Tenente do Exército Manoel Ferreira Nobre, mas somente foi organizada no dia 04 de novembro de 1836 no Governo do Dr. João José Ferreira de Aguiar.

Antes de receber o nome definitivo de Polícia Militar em 1947, esta Corporação teve ainda as seguintes denominações:

* Corpo de Polícia da Província;

* Corpo Policial do Rio Grande do Norte;

* Companhia de Polícia;

* Meia Companhia de Polícia;

* Corpo Militar de Segurança;

* Batalhão de Segurança;

* Batalhão da Polícia Militar;

* Regimento Policial Militar e;

* Força Pública Militar.

Com a missão de preservar a ordem pública e garantir a segurança dos cidadãos, a Instituição Policial Militar teve o seu batismo de fogo em dezembro de 1840, na antiga Vila Nova da Princesa, atual Cidade de Assú, durante um tumultuado processo eleitoral, o qual ficou conhecido como “Fogo de Quarenta”. Já na segunda metade do século XIX prestou relevantes serviços ao país quando cedeu alguns de seus Policiais Militares para defenderem a pátria na Guerra do Paraguai e na Guerra de Canudos. Contudo, o auxílio ao Governo Federal não se restringiu a esses dois episódios, pois atendendo a outras convocações enviou contingentes ao Estado do Maranhão para combater a Coluna Prestes (1925) e ao Estado de São Paulo por eclosão da Revolução Constitucionalista de 1932.

A Polícia Militar teve forte atuação no combate ao cangaceirismo, destacando a invasão do bando de Lampião em Mossoró em 13 de junho de 1927, onde a Polícia Militar, que unida ao povo mossoroense, expulsou o audacioso bando. Entretanto, a maior demonstração de heroísmo e tenacidade da Polícia Militar foi por ocasião da Intentona Comunista de 1935, quando em número bastante reduzido de homens e armas, resistiu bravamente ao poderio bélico dos insurretos. Na ocasião, a Polícia Militar perdeu o bravo Soldado Luiz Gonzaga de Souza no dia 24 de novembro de 1935, que defendia heroicamente o Quartel do Comando.

Ao longo de sua história, a Polícia Militar gradativamente modernizou e ampliou as suas formas de atuação de mantenedora da ordem pública, com a implantação de diversas modalidades de policiamento para o melhor desempenho de suas atribuições constitucionais. Na década de 1980 a Polícia Militar incorporou as primeiras Oficiais femininas, as quais foram precursoras na ativação da Companhia Feminina de Polícia no Estado.

*PM/ASSECOM

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Deputado Carlos Augusto Maia (PSD) solicita a pavimentação do trecho de 20,8 km que liga os municípios de Venha Ver e Luís Gomes

A implantação e a recuperação de estradas no interior do Rio Grande do Norte têm sido objeto recorrente de proposições na Assembleia Legislativa do estado. Os deputados estaduais Nelter Queiroz (PMDB) e Carlos Augusto Maia (PSD) são dois dos parlamentares que apresentam com frequência essas solicitações. Recentemente, as regiões Central, Seridó e Oeste do Estado foram as beneficiadas com pleitos deles.

Uma das solicitações de Carlos Augusto Maia feitas ao Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), foi à pavimentação do trecho de 20,8 quilômetros da RN-117 que liga os municípios de Venha Ver e Luís Gomes. O deputado argumentou o pedido citando a Serra do Coqueiro, localizado em Venha Ver e ponto mais alto do Estado. Outro requerimento de autoria do parlamentar trata da construção de estrada ligando os municípios seridoenses de Carnaúba dos Dantas e Parelhas.

“Esses requerimentos têm por objetivo fazer ou recuperar a interligação de municípios potiguares, para assegurar a circulação de pessoas e escoar produções. Além disso, é condição essencial para a entrada de turistas, o que permite a interiorização da atividade que mais emprega no Estado”, justificou Carlos Augusto Maia.

Já o deputado Nelter Queiroz, por sua vez, solicitou, em caráter de urgência, a realização de uma operação tapa buracos na RN-041 e na RN-203, que ligam o município de Santana dos Matos, na Região Central, a BR-304 e a RN-118, respectivamente.

Convocação de candidatos da lista de espera do Sisu começa hoje

Os candidatos que estão na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam a ser convocados hoje (26) para matrícula. A chamada é feita pelas próprias instituições de ensino, então é importante que os estudantes acompanhem as convocações junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

A lista de espera foi aberta aos candidatos que não foram selecionados na chamada regular ou que foram aprovados somente para a segunda opção de curso. A participação na lista é restrita à primeira opção de vaga.

Nesta segunda edição de 2017 do Sisu, 935.550 mil pessoas se inscreveram. O total chegou a cerca de 1,8 milhão, já que cada participante pôde fazer até duas opções de curso.

O Sisu oferece vagas no ensino superior público com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta edição, foram ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Lula lidera pesquisa presidencial de 2018; Bolsonaro e Marina aparecem na disputa pelo segundo lugar, diz Datafolha

Uma pesquisa do instituto Datafolha foi divulgada nesta segunda-feira (26) pelo jornal "Folha de S.Paulo" com índices de intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018. Veja os resultados dos oito cenários pesquisados:

Cenário 1 (com Alckmin):
Lula (PT): 30%
Jair Bolsonaro (PSC): 16%
Marina Silva (Rede): 15%
Alckmin (PSDB): 8%
Ciro Gomes (PDT): 5%
Luciana Genro (PSol): 2%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 2%
Branco/nulo/nenhum: 18%
Não sabe: 2%

Cenário 2 (com Doria):
Lula (PT): 30%
Marina Silva (Rede): 15%
Jair Bolsonaro (PSC): 15%
João Doria (PSDB): 10%
Ciro Gomes (PDT): 6%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 2%
Branco/nulo/nenhum: 16%
Não sabe: 2%

Cenário 3 (com Joaquim Barbosa e Alckmin)
Lula (PT): 30%
Marina Silva (Rede): 15%
Jair Bolsonaro (PSC): 15%
Joaquim Barbosa (sem partido): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 2%
Branco/nulo/nenhum: 14%
Não sabe: 2%

Cenário 4 (com Joaquim Barbosa e Doria)
Lula (PT): 29%
Marina Silva (Rede): 15%
Jair Bolsonaro (PSC): 13%
Joaquim Barbosa (sem partido): 10%
João Doria (PSDB): 9%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo/nenhum: 15%
Não sabe: 2%

Cenário 5 (sem PT)
Marina Silva (Rede): 22%
Jair Bolsonaro (PSC): 16%
Joaquim Barbosa (sem partido): 12%
Ciro Gomes (PDT): 9%
Geraldo Alckim (PSDB): 9%
Luciana Genro (PSol): 3%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 2%
Branco/nulo/nenhum: 23%
Não sabe: 3%

Cenário 6 (Com Haddad):
Marina Silva (Rede): 22%
Jair Bolsonaro (PSC): 16%
Joaquim Barbosa (sem partido): 13%
Geraldo Alckim (PSDB): 10%
Luciana Genro (PSol): 4%
Fernando Haddad (PT): 3%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 2%
Branco/Nulo/Nenhum: 25%
Não sabe: 3%

Cenário 7 (com Moro):
Lula (PT): 29%
Sergio Moro (sempartido): 14%
Marina silva (Rede): 14%
Jair Bolsonaro (PSC): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Luciana Genro (PSol): 2%
Eduardo Jorge (PV): 2%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/Nulo/Nenhum: 15%
Não sabe: 2%

Cenário 8 (Sem alvos da Lava jato)
Marina Silva (Rede): 27%
Jair Bolsonaro (PSC): 18%
João Doria (PSDB): 14%
Ciro Gomes (PDT): 12%
Branco/Nulo/Nenhum: 26%
Não sabe: 3%

Rejeição no 1º turno
Lula (PT): 46%
Alckmin (PSDB): 34%
Bolsonaro (PSC): 30%
Haddad (PT): 28%
Ciro (PDT): 26%
Marina (Rede): 25%
L. Genro (Psol): 24%
Caiado (DEM): 23%
Moro (s/ part.): 22%
Eduardo Jorge (PV): 21%
Doria (PSDB): 20%
J. Barbosa (s/ part.): 16%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 3%
Não votaria em nenhum: 3%

Segundo turno - Em relação ao segundo turno, foram feitas oito projeções. São elas:

Cenário 1
Lula: 45%
Alckmin: 32%

Cenário 2
Lula: 45%
Doria: 34%

Cenário 3
Marina: 40%
Lula: 40%

Cenário 4
Lula: 45%
Bolsonaro: 32%

Cenário 5
Marina: 49%
Bolsonaro: 27%

Cenário 6
Alckmin: 34%
Ciro: 31%

Cenário 7
Ciro: 34%
Doria: 32%

Cenário 8
Moro: 44%
Lula: 42%

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e índice de confiança de 95%. O Datafolha ouviu 2.771 pessoas nos dias 21 e 23 de abril.