quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

PMs e bombeiros do RN firmam acordo com governo e paralisação chega ao fim

Policiais militares e bombeiros do Rio Grande do Norte decidiram em assembleia realizada no final da manhã desta quarta-feira (10) aceitar o acordo com o governo e encerrar a paralisação iniciada desde o dia 19 de dezembro. Um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) com 25 itens foi apresentado aos militares, que aprovaram por unanimidade o documento e o retorno às atividades.

O patrulhamento nas ruas deve ser retomado gradativamente à medida em que as viaturas em condições para circular forem disponibilizadas. Inicialmente há pelo menos 20 veículos disponíveis. Ontem (9), o governo anunciou o incremento de 107 carros, sendo 50 para a frota da Polícia Militar e 57 para a Polícia Civil.

Entre as medidas, o governo se compromete a não abrir procedimento administrativo contra os servidores ou aplicar qualquer sanção disciplinar pelo período em que ocorreu a operação “Segurança com segurança”.

Outro ponto celebrado foi o pagamento do salário referente ao mês de dezembro até a próxima sexta-feira (12), incluindo ativos, reservas e pensionistas. Já o 13º deverá ser disponibilizado até o dia 30 de janeiro, através do envio de um projeto de Lei para a Assembleia Legislativa, que autoriza a operação de crédito junto ao banco, ficando o governo responsável pelos encargos financeiros, multas e custos decorrentes da operação.

O governo se comprometeu ainda para viabilizar a disponibilização de verbas federais para investimento em infraestrutura, atualizar os salários conforme as promoções já realizadas e também disponibilizar para o trabalho operacional, incluindo fardamento, coturnos, cintos táticos, coletes balísticos, entre outros equipamentos individuais.

Nenhum comentário: