quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Chuva em janeiro na região Oeste do RN ficaram acima da média do Estado

Dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), mostram que o volume de chuva registrado durante todo o mês de janeiro, na região Oeste, principalmente no Alto Oeste, ficou bem acima da média do mês para todo o estado que é de 60 milímetros.

Na região choveu 77,9mm em média, com alguns municípios registrando um volume bem acima dessa média, como em Pilões onde o acumulado do mês chegou a 165,7mm, em Francisco Dantas 162mm e em Assú 161,3mm.

De acordo com a análise pluviométrica, realizada pela meteorologia da Emparn, no mês de janeiro que faz parte da pré-estação chuvosa do Estado, em 47 municípios choveu acima da média (60mm), em 17 deles o acumulado passou dos 100mm.

O semiárido potiguar já enfrenta seis anos de seca, mas para o meteorologista Gilmar Bristot, apesar da situação ser melhor que a registrada nos anos anteriores nessa época do ano, ainda não é a configuração de um bom inverno, já que o período chuvoso só começa na segunda quinzena de fevereiro e segue até a segunda quinzena de maio.

Segundo o meteorologista, “em janeiro, as chuvas são ocasionadas por sistemas meteorológicos transientes como os Vórtices Ciclônicos de Ar Superior (VCANS) e as Frentes Frias (FF), sistemas de baixa previsibilidade, diferente do período chuvoso, quando a chuva é ocasionada principalmente pela Zona de Convergência Intertropical”.

Na análise regional, janeiro de 2018, apresentou o seguinte quadro:

Região OesteMédia da Região: 77,9mm, com maior volume de chuva nos municípios de Pilões: 165,7mm; Francisco Dantas:162mm e Assú:161,3mm.

Região CentralMédia da Região: 33mm, com destaque para os municípios de Jardim do Seridó:86,9mm; Angicos:89,5mm e Florânia:76,7mm.

Região AgresteMédia da Região: 25,4mm, com destaque os municípios de Monte Alegre:76,0mm; Santa Cruz:54,8mm e Santo Antônio com 52,6mm.

Região Leste - Média da Região:51,4mm, destacando-se os municípios de Senador Georgino Avelino com 118,5mm, Extremoz com 74,8mm e Canguaretama com 70,1mm.

A tabela completa com o acumulado anual está disponível no site da Emparn: www.emparn.rn.gov.br.

Nenhum comentário: