domingo, 29 de julho de 2018

FIERN/CERTUS mostra Garibaldi em primeiro para o Senado; Geraldo Melo, Capitão Styvenson e Zenaide Maia vem na sequência

Como na eleição este ano estão em disputa duas vagas para o Senado, a pesquisa FIERN/CERTUS perguntou aos eleitores ouvidos na amostragem, em quem daria o “primeiro voto”, o segundo voto e fez a soma dos dois em uma projeção, seguindo a metodologia usada pelo TSE.

No primeiro voto, Garibaldi Filho está com 14,4%, seguido por Capitão Styvenson (11,42%), Geraldo Melo (10,57%); Zenaide Maia (10,21%) e Antônio Jácome (3,26%). Os demais ficaram com percentuais abaixo de três pontos. A resposta “nenhum” foi dada por 31,28% e “não sabe” por 12,48%.

No segundo voto para o Senado, Garibaldi tem 6,67%; Geraldo Melo, 6,6%; Capitão Styvenson, 4,82%; Zenaide Maia, 4,82% e Antônio Jácome, 3,83%. O percentual de respostas “nenhum” sobe para 41,49% no segundo voto e “não sabe” para 23,97%.

Na projeção da soma do primeiro e segundo votos para o senado, a pesquisa utiliza a metodologia do TSE, cujo base de cálculo é o universo de votos para o Senado. Neste cálculo (percentuais a partir da soma dos dois votos), os números são os seguintes: Garibaldi Filho, 10,53%; Geraldo Melo, 8,58%; Capitão Styvenson, 8,12%; Zenaide Maia, 7,52%; Antônio Jácome, 3,55%. Os demais têm abaixo de dois pontos percentuais.

REJEIÇÃO - Na rejeição, Garibaldi Filho fica com 14,91%; e Geraldo Melo, com 9,51%. Os que rejeitam Antônio Jácome somam em 4,42%; Zenaide Maia, 3,8%, e de Capitão Styvenson, 2,52%. “Rejeita todos” alcança 23,56% e “nenhum” 25,77%.

Registrada na justiça eleitoral com os códigos RN-08199/2018 e BR-04763/2018, a pesquisa “Retratos da Sociedade Potiguar” realizou 1.410 entrevistas domiciliares entre os dias 21 a 25 de julho de 2018 em todo o estado. A margem de erro é de 3,0% para mais ou para menos. Público investigado: eleitores maiores de 16 anos residentes nas sete regiões do estado do Rio Grande do Norte. É a segunda de cinco que a Federação das Indústrias publica.

*FIERN

Nenhum comentário: