terça-feira, 28 de agosto de 2018

Pesquisa Consult/98 FM: Fátima lidera para o governo e Styvenson para o Senado; Lula é o preferido dos potiguares


A Rádio 98 FM divulgou na noite desta segunda-feira (27) pesquisa do Instituto Consult com vista às eleições deste ano. O levantamento foi registrado sob os protocolos do TSE: RN-03828/2018 e BR-01088/2018, ouvindo 1700 pessoas em 12 regiões.

Para o Governo do RN, a disputa está entre Fátima Bezerra (PT), Carlos Eduardo Alves (PDT) e Robinson Faria (PSD). Para o Senado, os nomes mais lembrados são de Styvenson (Rede), Zenaide Maia (PR) e Garibaldi Alves (MDB).

Governo - Na estimulada para o governo, a candidata Fátima lidera com 29,82%. Carlos Eduardo aparece com 15,88% e Robinson Faria, com 9,71%; Professor Carlos Alberto (PSOL) tem 1,24% das intenções de voto. Breno Queiroga (Solidariedade) tem 0,71%, Dario Barbosa (PSTU), 0,35%, e Freitas Junior e  Heró Bezerra (PRTB) ficaram com 0,06%, cada. Disseram que não votariam em nenhum dos candidatos 26% dos entrevistados, enquanto 16,18% não opinaram.

Na pesquisa espontânea, quando não é apresentada a lista de candidatos, a maioria, 59,7%, não soube responder. Disseram não votar em nenhum candidato 18,2%. Fátima Bezerra teve 13%, Carlos Eduardo, 5,1% e Robinson Faria, 3,4%. Os demais citados não somaram 1% juntos. Não souberam responder

Quanto à rejeição dos que pleiteiam o Executivo estadual, quem sai na frente é o governador Robinson, com 37,1%. Fátima tem 9,7% de rejeição, Carlos Eduardo, 8,4%. Só 0,5% disseram que não votariam no Professor Carlos Alberto. Em seguida vem Breno Queiroga, com 0,4%, e por fim Dário Barbosa e Heró Bezerra, com 0,3% cada. Não souberam dizer 19,5% e 20,6% rejeitam todos os candidatos ao governo do estado.

Senado - Em 2018, o eleitor vai escolher dois nomes para o Senado. Por isso, na pesquisa espontânea da Consult a resposta foi múltipla. Um total de 68,5% não soube responder em quem vai votar. Não pretende votar em ninguém, 17,7%. O capitão Styvenson recebeu 6,0% das intenções de voto e Garibaldi Filho aparece colado com Zenaide Maia, apresentando 3.5% e 3,4%, respectivamente. Geraldo Melo (PSDB) surge com 2,3% e Antônio Jácome (Podemos), com 0,9%. Alexandre Motta (PT) teve 0,4%, Magnólia Figueiredo (Solidariedade), 0,3% e, por fim, Telma Gurgel (PSOL), Jurandir Marinho (PRTB), Ana Célia (PSTU) e Dr. Joanilson (PSDC) receberam 0,1%, cada. Também 0,1% apontou votar na legenda do PT.

A Consult perguntou o primeiro nome a ser votado e Styvenson sai na frente com 21,35%. Garibaldi Filho tem 17,47% e Zenaide Maia, 10%, seguida de Geraldo Melo (6,59%), Jácome (2%), Magnólia (1,06%), Alexandre Motta (0,35%), Dr. Joanilson (0,24%), Professor Lailson, do PSOL, (0,18%), Ana Célia (0,12%), Telma Gurgel (0,12%), Jurandir Marinho (0,06%). Napoleão (Rede) e João Morais (PSTU) tiveram 0,06%, cada. E Levi Costa (PRTB) não pontuou. Ao todo, 25,76% disseram não votar em nenhum candidato e não souberam dizer 14,59%.

Como segundo nome escolhido pelo eleitor, o de Geraldo Melo foi o melhor posicionado, com 9,47%. Capitão Styvenson teve 8,47%. Zenaide Maia, 6,29%, perto de Garibaldi Filho, 6,24%.  Depois aparecem Magnólia (3,24%), Jácome (2,47%) e Alexandre Motta 0.59%. Os demais candidatos não pontuaram 1% juntos. Não souberam responder, 32,65%, e 29,35% não votarão em nenhum.

No ranking da rejeição para o Senado, quem ganha é Garibaldi (19,5%). Geraldo Melo vem depois (11,4%), seguido de Zenaide Maia (6,4%), Jácome (3,2%), Styvenson (1,5%) e Magnólia (1,2%). Os demais não atingiram 1%. Não souberam dizer 32%, enquanto os que afirmaram rejeitar todos os candidatos somara 24,4% e nenhum, 11,1%.

Presidência - A pesquisa Consult/98 FM confirma Lula (PT) como preferido dos potiguares. Na pesquisa estimulada, ele foi escolhido por 41,53% dos entrevistados. Bolsonaro (PSL) teve 14,47% das intenções de voto e Ciro Gomes (PDT), 5,18%. Em seguida, Marina Silva (Rede), com 2,53%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 1,94%, e Álvaro Dias (Podemos), com 1,35%. Os demais não atingiram 1% das intenções, enquanto 19,06% acreditam que não vão votar em ninguém e 12,41% ainda não souberam dizer.

Os indecisos foram maioria na pesquisa espontânea para a Presidência, com 41,82% e os que não querem votar somaram 17,88%. Nessa pesquisa, em que a lista dos candidatos é omitida dos entrevistados, Lula continua liderando, com 26,24%. Bolsonaro recebe 9,82% e Ciro Gomes (PST), 1,41%. Entre os demais nomes citados, aparecem o nome do vice de Lula, Fernando Haddad (PT), com 0,29%, mas também de dois que não são candidatos: Michel Temer (MDB) e Fernando Collor (PTC), ambos com 0,06%.

Na rejeição quem continua ganhando é Bolsonaro, com 27,8%, seguido de Lula (14,1%) e Ciro Gomes (6,6%). Não votariam de maneira alguma em Geraldo Alckmin 5% e em Marina Silva, 4,7%. Fernando Haddad aparece com 1,8%, Cabo Daciolo (Patriota), 1,6%, Henrique Meirelles (MDB), 1,4% e Álvaro Dias, 1,1%. Os demais não atingiram 1%. Não rejeitam ninguém 6,4% dos entrevistados e não souberam dizer 18,4%, enquanto 24,6% são mais radicais e afirmaram rejeitar todos os candidatos.

Nenhum comentário: