terça-feira, 21 de agosto de 2018

Pesquisa Ibope: Lula segue disparado com 37% das intenções de voto; Em cenário sem Lula, Bolsonaro lidera com 20%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida para a Presidência da República com 37% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro (PSL), com 18%, segundo pesquisa Ibope, feita em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo — que divulgou o resultado — e a TV Globo.

Logo após Lula Jair Bolsonaro aparece Marina Silva (Rede) com 6%; Ciro Gomes (PDT) com 5%; Geraldo Alckmin (PSDB) com 5% e Álvaro Dias (Podemos) com 3%. Os candidatos Eymael (DC), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) tem 1%. Os demais candidatos não alcançaram 1%. Branco/nulos somou 16% e não sabe/não respondeu chegou a 6%.

Em razão do quadro jurídico de Lula o Ibope pesquisou outro cenário, com o atual candidato a vice na chapa de Lula, Fernando Haddad encabeçando a chapa. Nesse cenário, Bolsonaro lidera, com 20%, seguido por Marina Silva (Rede), com 12%, e Ciro Gomes (PDT), com 9%. Nesse caso, o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT), que seria o substituto de Lula, tem 4% e aparece numericamente atrás do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, candidato pelo PSDB, que tem 7% das intenções de voto.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores, em 142 municípios, entre os dias 17 e 19 de agosto. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR-01665/2018. Os contratantes foram o jornal O Estado de S. Paulo e a TV Globo.

CNT/MDA - O resultado da pesquisa estimulada do Ibope no cenário com Lula repete, dentro da margem de erro, os números apurados em outro levantamento eleitoral, do instituto MDA, a pedido da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgado na manhã desta segunda-feira.

Nesta pesquisa, Lula tem 37,3% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 18,8%. Na sequência aparecem Marina Silva (Rede) com 5,6%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 4,9%, Ciro Gomes (PDT), com 4,1%, e Alvaro Dias (Podemos), com 2,7%. Os demais candidatos não alcançaram 1% das intenções de voto.

Foram ouvidas 2.002 pessoas entre os dias 15 e 19 de agosto em 137 municípios de 25 unidades da federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado junto ao TSE sob a identificação BR-09086/2018.

Nenhum comentário: