segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Água Nova e Pendências elegeram novos prefeitos e vice-prefeitos

Os eleitores de Água Nova e Pendências, ambos municípios do Rio Grande do Norte, foram às urnas neste domingo (25) escolher os novos prefeitos das cidades, em eleição suplementar que aconteceu após a cassação das chapas vencedoras em 2016.

Em Água Nova, o prefeito eleito foi Francisco Ronaldo de Souza (DEM) com 1.204 votos, ou 52,42% dos votos válidos. O outro candidato, Francisco Fábio de Araújo(MDB) obteve 1.093, 47.58% dos votos válidos. A abstenção foi de 8.01%

Já em Pendências o prefeito eleito foi Flaudivan Martins Cabral (MDB). Ele obteve 4.383 votos, 50.14% dos votos válidos. Gustavo Adolfho dos Santos Queiroz (PSD), que ficou em segundo lugar, obteve 4.123 votos (46.08%) e Maria Zilda da Costa Silva (PRB) contou com 236 votos, 2.64% dos válidos. A abstenção em Pendências foi de 12,58%.

De acordo com informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), nenhuma ocorrência foi registrada nas eleições nos dois municípios.

As eleições suplementares em Pendências foram realizadas em virtude da cassação e perda de mandato de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros e José Maria Alves Bezerra, respectivamente, prefeito e vice-prefeito da cidade. De acordo com o TRE, as cassações ocorreram por abuso de poder econômico e político, além da prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos).

Em Água Nova, a eleição suplementar foi motivada pela cassação e perda de mandato da prefeita Iomária Carvalho, e seu vice, Elias Raimundo, por abuso de poder político e econômico, bem como por compra de votos nas Eleições de 2016. O município de Água Nova pertence à 65ª zona eleitoral e possui 2.551 eleitores.

Nenhum comentário: