quarta-feira, 29 de abril de 2020

Mutirão da Saúde realiza entrega de máscaras à população micaelense


Em mais uma ação de prevenção e combate ao Coronavírus e a Dengue, a Prefeitura de São Miguel, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou hoje um mutirão com ações de higienização e desinfecção dos prédios públicos, recolhimento de entulhos que possam ser possível criadouro do mosquito da dengue e entrega de máscaras de pano reutilizáveis à população como prevenção ao Coronavírus .

A ação contou com a presença da secretária de Saúde, Márcia Holanda, que coordenou – ao lado dos agentes de saúde e de endemias e servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social - o trabalho de orientação e conscientização da comunidade e destacou que esse trabalho será realizado em todo o município.

"A minha máscara protege você, a sua máscara me protege. Sejamos conscientes. Usem máscaras. Vamos juntos enfrentar o novo Coronavírus e o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, e vencer essa guerra. Juntos somos muito mais fortes", enfatizou a secretária de saúde.

*Assecom do município

São Miguel registra o terceiro caso confirmado de coronavírus


A Secretaria Municipal de São Miguel anunciou na noite desta terça-feira (28) o terceiro caso confirmado de coronavírus no município. O paciente se trata de um homem de 56 anos de idade que no momento apresenta quadro leve da doença.

De acordo com o boletim nº 16, até este terça-feira o município de São Miguel tem ainda 19 casos suspeitos da doença e 06 casos foram descartados. Há ainda um total de 54 pessoas sendo monitoradas pelos órgãos de saúde do município.

Segundo a SMS os Bairros Sabino Leite e Centro continuam apresentando a maior taxa de notificação de casos suspeitos, seguido pelo bairro Manoel Vieira.

A SMS informou que os pacientes notificados como suspeitos e/ou confirmados para o novo Coronavírus, bem como seus respectivos contatos, seguem sendo acompanhados pela Comissão Técnica de Vigilância em Saúde e equipes da Atenção Básica Municipal.

RN registra 229 novos casos confirmados e 6 mortes por coronavírus em 24 horas; número de infectados passa de mil


O Rio Grande do Norte registrou 229 novos casos de Covid-19 e confirmou seis mortes pela doença em apenas 24 horas, de acordo com dados atualizados pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (29). Dessa forma, o estado superou a marca de mil casos, com 1.086 pacientes confirmados, além de 54 óbitos e 4.730 pessoas com suspeita. Os novos casos de falecimento foram registrados em Mossoró (2), Parnamirim (2), Natal (1) e o primeiro de Alto do Rodrigues.

Os dados foram informados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) em boletim epidemiológico. Até a terça-feira (28), o RN tinha 857 casos em 57 municípios e 48 mortes pelo novo coronavírus.

Internações - O número de internações também cresceu, passando de 147 para 162 casos. Enquanto o número de pacientes suspeitos internados na terça (28) era de 75, esse número saltou para 88. No caso dos confirmados, o número subiu e 72 para 74. Desse total, 55 pacientes estão em UTIs e 37 em unidades semi-intensivas. 70 são atendidos em leitos clínicos.

Cidades com mortes registradas

Mossoró - 13
Natal - 12
Parnamirim - 3
Canguaretama - 3
Açu - 2
Ceará-Mirim - 2
São Gonçalo do Amarante - 2
Tenente Ananias - 2
Alexandria - 1
Alto do Rodrigues - 1
Apodi - 1
Carnaúba dos Dantas - 1
Cerro Corá - 1
Encanto - 1
Ipanguaçu - 1
Lagoa de Pedras - 1
Macaíba - 1
Nísia Floresta - 1
São José de Mipibu - 1
São Rafael - 1
Taipu - 1
Touros - 1
Paciente de Fortaleza que faleceu em Mossoró.

terça-feira, 28 de abril de 2020

FPM: Municípios recebem 3º decêndio de abril na próxima quinta-feira (30)


O terceiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de abril será depositado nas contas municipais na próxima quinta-feira, dia 30 de abril.

No total, os cofres municipais recebem o valor de R$ 2,491 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, o montante será de R$ 3,113 bilhões.

Sem considerar os efeitos da inflação, comparado ao mesmo período do mês anterior, o número registra crescimento de 3,19%. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o valor total apresenta queda de 6,03%.

Ao levar em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, teve um crescimento sutil de 0,46%. Já o mês fechou em queda de 8,52%, comparado ao mesmo período de 2019, corrigido pela inflação do período.

*Da Agência CNM de Notícias

Covid-19: Número de casos confirmados aumentam e óbitos atingem 21 municípios


O quadro da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira (28), mostra que continua crescendo o número de contaminação e mortes.

O RN agora tem 857 casos confirmados, 48 óbitos em 21 municípios, 8 óbitos em investigação e 4.626 notificações em 157 cidades do Estado. O número de recuperados chegou a 352.

Nos últimos dias cresceu também os casos de internamento. Hoje há 147 pacientes em estado crítico - 56 em UTIs e 32 em semi-utis. A taxa de ocupação de leitos para casos críticos - UTI e assistência ventilatória - também é preocupante.

Segundo o secretário de estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, a maior parte destes leitos está ocupada. Principalmente em Natal, Pau dos Ferros, Mossoró e Região Oeste.

domingo, 26 de abril de 2020

Coronavírus: Novo boletim mostra que São Miguel tem 2 casos confirmados e 15 suspeitos


A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel, divulgou na tarde deste domingo (26) mais um boletim sobre a situação epidemiológica do coronavírus (COVID-19) no município.

Conforme o boletim nº 15, até este domingo o município de São Miguel tem dois casos confirmados da doença. O boletim mostra ainda que no município há 15 casos suspeitos da doença e 06 casos foram descartados. Há ainda um total de 36 pessoas sendo monitoradas pelos órgãos de saúde do município.

No boletim deste domingo a SMS divulgou uma série de informações sobre o perfil das notificações no município. Segundo a SMS a faixa etária dos pacientes notificados varia de 17 a 86 anos, sendo a maior ocorrência de indivíduos do sexo masculino.

Já em relação a localidade, foi informado que os bairros Sabino Leite e Centro apresentam a maior taxa de notificação de casos suspeitos, seguido pelo Bairro Manoel Vieira. Também foi divulgado que até o momento todos os casos notificados como suspeitos e confirmados do COVID-19 no município apresentam sintomatologia leve.

Em relação aos casos confirmados da doença trata-se de duas pessoas do sexo feminino, sendo uma de 51 anos de idade e outra com 77 anos de idade. Ambas apresentam sintomas leves e encontram-se em isolamento domiciliar.

A Secretária destacou que todos os casos notificados como suspeitos e ou confirmados do COVID-19, assim como os comunicantes e/ou contatos são monitorados por uma comissão técnica composta por profissionais médicos e enfermeiros nomeada por ato de Portaria da Secretária Municipal de Saúde para orientação das medidas e cuidados necessários, fiscalização do cumprimento das medidas sanitárias de isolamento conforme orientação e protocolos do Ministério da Saúde e monitoramento da evolução dos sintomas até que seja encerrado o caso.

RN tem 825 casos confirmados e 44 mortes por coronavírus


O Rio Grande do Norte registrou 4 novos óbitos por Covid-19 e 44 novas confirmações da doença em 24 horas. Neste domingo (26), o estado tem 825 casos confirmados e 44 mortes pelo novo coronavírus. O total de casos suspeitos é 3.989 e o de descartados chegou a 2.964. Hoje são 289 pessoas recuperadas.

Os dados foram informados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), mas o boletim com o detalhamento das cidades não foi divulgado até a noite deste domingo.

Câmara Municipal de São Miguel antecipa devolução de 100 mil reais para o enfrentamento ao coronavírus


A Câmara Municipal de São Miguel através da sua Presidente, Vereadora Mellyna Passos (PSD) em consonância com a Mesa Diretora, por meio do Ato Administrativo Nº 001/2020 resolveu antecipar a devolução ao Poder Executivo do valor de 100 mil reais, respaldada em toda normatividade que trata da Pandemia causada pela COVID-19.

O objetivo da ação é proporcionar que o referido valor seja utilizado pela municipalidade exclusivamente em ações de enfrentamento a COVID-19, haja vista toda emergência de saúde pública ocasionada pela disseminação do novo coronavírus.

A Câmara Municipal de São Miguel, entende que nós estamos vivenciando um período de instabilidades e incertezas de forma geral, todavia é a saúde pública que merece maior urgência em ações concretas e resolutivas.

Desta feita tal procedimento, visa unir forças com o Poder Executivo no sentido de minimizar as consequências da COVID-19 e de adotar medidas para o enfrentamento da pandemia, dando sua parcela de contribuição ao Governo local, nesse momento tão difícil pelo qual o município atravessa.

Registre-se, ainda que a Câmara Municipal com o objetivo de reduzir as possibilidades de contágio do novo coronavírus também suspendeu as suas atividades legislativas e administrativas até o final do mês de abril, podendo ainda tal medida ser prorrogada, conforme as orientações dos profissionais da saúde.

quinta-feira, 23 de abril de 2020

MPRN, MPF/RN e MPT/RN recomendam que prefeitos cumpram decretos estaduais sobre Covid-19


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF/RN) e o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte (MPT/RN) recomendaram aos prefeitos de todos os municípios potiguares que cumpram os termos dos decretos estaduais que tratam da Covid-19. O documento foi assinado nesta quinta-feira (23) e já foi encaminhado a cada gestor municipal.

A recomendação é para que os prefeitos se abstenham de praticar quaisquer atos, inclusive edição de normas, que possam flexibilizar medidas restritivas estabelecidas pelo Governo Estadual. O documento prevê que fica ressalvada, na hipótese de necessidade local, devidamente justificada, a possibilidade de estabelecimento de medidas de prevenção de caráter mais restritivo.

Para emitir a recomendação conjunta, o MPRN, o MPF/RN e o MPT/RN levaram em consideração que os Municípios não têm sistemas de regulação de leitos municipais, nem hospitais próprios para atendimento de casos de alta complexidade. Além disso, também foi levado em conta uma recomendação do Comitê de Especialistas da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Esse documento demonstra que é necessário que as medidas de mitigação de contágio tenham uma maior adesão da população e a necessária uniformização de procedimentos de contenção em todo o território do Estado, especialmente pelo fato de que, atualmente, há casos confirmados em pelo menos 46 municípios e óbitos em 13 desses, o que revela a interiorização da epidemia.

O Comitê de Especialistas da Sesap já havia informado que a maior vulnerabilidade social associada à fragilidade da rede de saúde no interior do Estado deve alertar para a possibilidade de uma explosão de casos no interior, destacando que esse movimento já se observa no município de Natal, onde se percebe uma tendência de migração dos casos para os bairros mais vulneráveis socialmente.

A recomendação conjunta também leva em consideração que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece que somente haja relaxamento de medidas de isolamento social quando demonstrado o controle da transmissão do vírus, haja testagem para possíveis novos casos e o sistema de saúde tenha capacidade de atender pacientes ao mesmo tempo, com o isolamento de pessoas infectadas e identificação das pessoas que mantiveram contato com as infectadas.

O MPRN, o MPF/RN e o MPT/RN reforçam, na recomendação, que constitui crime expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente, delito que pode ser praticado pelo gestor municipal que promover o relaxamento das regras de isolamento social sem observar as prescrições da OMS, das autoridades sanitárias estaduais e dos especialistas na matéria.

Os prefeitos têm prazo de 48 horas para comunicar ao MPRN sobre o acatamento ou não da recomendação, o que deve ser feito com o envio de e-mail para o endereço pgj@mprn.mp.br.

Decreto amplia serviços considerados essenciais e prorroga isolamento no RN até dia 05 de maio

O número crescente de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, causador da covid-19, que tem acometido todo o planeta numa pandemia com alto nível de contágio, obriga o Governo do Estado do Rio do Grande do Norte a editar novo documento com medidas restritivas de combate e controle da doença, que tem levado inúmeras pessoas à morte em todo o mundo. O decreto Nº 29.634, publicado nesta quinta-feira (23), no Diário Oficial do RN, prorroga o período de isolamento social até o dia 05 de maio e amplia o leque de serviços essenciais, autorizados a funcionar de acordo com as regras de vigilância sanitária.

Para editar o novo decreto, o Governo do RN segue as recomendações de especialistas do mundo inteiro e do corpo de técnicos do RN, que falam sobre a necessidade de permanência do isolamento social. Pelo presente documento, que revoga o Decreto Estadual nº 29.583, de 1º de abril de 2020, continua suspenso o funcionamento de restaurantes, lanchonetes, praças de alimentação, praças de food trucks, bares e similares, salvo para entrega em domicílio (delivery) e como pontos de coleta (takeaway), sendo vedada a disponibilização de mesas e cadeiras.

A suspensão das atividades escolares foi estendida até o dia 31 de maio, no entanto, fica a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) autorizada a dispor sobre a antecipação do recesso escolar, ouvido o Conselho Estadual de Educação. As atividades coletivas de qualquer natureza, públicas ou privadas, incluindo eventos de massa, shows, atividades desportivas, feiras, exposições, carreatas, passeatas e congêneres, continuam vetadas.

A lista de atividades essenciais foi ampliada e inclui os serviço de podologia; construção civil; produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos, bebidas não alcoólicas, tecidos, aviamentos,  armarinhos, materiais de construção ou reforma e de suprimentos agrícolas, incluindo mercados, supermercados, hipermercados, quitandas, açougues, peixarias, padarias, distribuidores, atividades de venda e locação de automóveis, o funcionamento de lojas de construção com ar-condicionado e lojas de conveniência.

Os escritórios de advocacia privada também estão autorizados a funcionar, bem como atividades necessárias a viabilizar a entrega de cargas e o transporte em geral, incluindo oficinas, borracharias e lojas de autopeças; oficinas de máquinas e equipamentos agrícolas. Além disso, também podem funcionar com as restrições sanitárias: hotéis, flats, pousadas e acomodações similares; serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens tangíveis; atividades de agências de emprego e trabalho temporário; serviços de reparo de computadores e bens pessoais domésticos e serviços de lavanderia; atividades financeiras, de seguros e de contabilidade; serviços de venda e locação de imóveis; e serviços de higiene pessoal, incluindo barbearias, cabeleireiros e manicures.

O novo decreto esclarece que a suspensão de atividades não atinge as indústrias e recomenda, sempre que possível, um horário exclusivo para o atendimento de clientes do grupo de risco da pandemia. Também recomenda a utilização de máscaras, sejam industriais ou caseiras, ao acesso dos estabelecimentos que estão em funcionamento.

A vigência dos Atestados de Vistoria do Corpo de Bombeiros e das licenças e autorizações do IDEMA, que vencerem até 05 de maio, fica prorrogada para o dia 24 de maio. O documento revoga as questões conflituosas envolvendo o horário de funcionamento dos supermercados.

A governadora Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto e secretários estaduais se reuniram na última terça-feira (21), por videoconferência, com representantes da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern), Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio), Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor), Federação da Agricultura e Pecuária do RN (Faern) e diversos sindicatos e representantes do setor produtivo potiguar para, em um diálogo aberto e democrático, discutir sobre as medidas restritivas que preveem o isolamento social, tido como uma das melhores armas no combate à propagação da pandemia da covid-19.

Para discutir e planejar as próximas ações na área, foi criado um Grupo de Trabalho com representantes do Governo, dos empresários, do comitê científico estadual e da Federação dos Municípios para, juntos, elaborarem um plano que visa a retomada do funcionamento do comércio e da economia em geral.

Número de mortes sobe para 34 e RN tem 708 casos confirmados de coronavírus


O Rio Grande do Norte registrou 62 novos casos do novo coronavírus em 24 horas. Nesta quinta-feira (23), o estado tem 708 casos confirmados e 34 mortes por Covid-19 - cinco óbitos a mais em relação ao balanço divulgado nesta quarta (22). Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e foram divulgados no boletim epidemiológico. Pelo menos outras 8 mortes estão sob investigação no estado.

Até esta terça-feira (21), o estado tinha 646 casos confirmados e 29 óbitos confirmados para Covid-19. As notificações de casos suspeitos passaram de 3 mil estão espalhadas por 152 dos 167 municípios potiguares.

Dos novos óbitos registrados, quatro aconteceram no dia 21 e estavam sob investigação. O outro ocorreu no dia 23. Eles aconteceram em Ceará-Mirim, Natal, Ipanguaçu, Parnamirim e Canguaretama.

O estado tem casos confirmados em 51 municípios. Quatro cidades passaram a integrar a lista: Fernando Pedroza, com 1 caso, Caicó (1), Campo Redondo (1) e Serra Negra do Norte (1). Metade dos novos casos ocorreu somente em Natal que saltou de 304 casos confirmados para 335.

Dos 34 óbitos registrados no estado, 16 estão em Natal e Mossoró. Cada uma das cidades teve 8. Canguaretama registrou três. São Gonçalo do Amarante e Tenente Ananias, 2, cada. Outras cidades com óbitos confirmados, segundo o boletim, são Açu, Apodi, Ceará-Mirim, Cerro-Corá, Encanto, Ipanguaçu, Lagoa de Pedras, Parnamirim, São Rafael, Taipu e Touros - cada uma com um caso.

Número de casos por município

Acari (1)
Assu (24)
Alto do Rodrigues (1)
Alexandria (1)
Apodi (7)
Areia Branca (4)
Baía Formosa (1)
Barcelona (1)
Bento Fernandes (2)
Boa Saúde (1)
Caicó (1)
Campo Redondo (1)
Canguaretama (11)
Caraúbas (1)
Carnaubais (1)
Ceará-Mirim (9)
Cerro Corá (1)
Coronel João Pessoa (1)
Currais Novos (2)
Encanto (4)
Extremoz (8)
Fernando Pedroza (1)
Ielmo Marinho (1)
Ipanguaçu (2)
Jaçanã (2)
Lagoa de Pedras (1)
Lajes Pintadas (1)
Luís Gomes (1)
Macaíba (11)
Monte Alegre (4)
Mossoró (106)
Natal (335)
Nísia Floresta (1)
Parnamirim (81)
Passa e Fica (1)
Pau dos Ferros (3)
Poço Branco (1)
Santa Cruz (3)
Santo Antônio (6)
São Gonçalo do Amarante (39)
São José de Mipibu (5)
São Miguel (1)
São Miguel do Gostoso (1)
São Pedro (1)
São Rafael (3)
Serra de São Bento (1)
Serra Negra do Norte (1)
Taipu (1)
Tenente Ananias (2)
Tibau (2)
Touros (1)

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Boletim epidemiológico do Coronavírus ( COVID-19) - São Miguel - RN / 22/04/2020


Boletim epidemiológico do Coronavírus ( COVID-19) - São Miguel - RN / 22/04/2020

Casos suspeitos: 09
Casos descartados: 05
Casos confirmados: 01
Monitorados: 22
Recuperados de Síndrome Gripal - Excluídos do COVID-19: 02

RN tem 29 mortes por coronavírus e 646 casos confirmados da doença


O Rio Grande do Norte registrou 38 novos casos do novo coronavírus em 24 horas. Nesta quarta-feira (22), o estado tem 646 casos confirmados e 29 mortes por Covid-19. Os dados são Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e foram divulgados no boletim epidemiológico desta quarta. Pelo menos 9 mortes estão sob investigação no estado por contaminação pela doença.

Até esta terça-feira (21), o estado tinha 608 casos confirmados e 28 mortes por coronavírus confirmados. Natal lidera na quantidade de casos, com 304 pacientes confirmados para a doença e 7 óbitos até o boletim desta quarta. Mossoró tem 106 casos e 8 óbitos.

As 29 mortes no RN foram registradas nas cidades de Mossoró (8), Natal (7), Canguaretama (2), Tenente Ananias (2), São Gonçalo do Amarante (2), Cerro Corá (1), Taipu (1), Assu (1), Lagoa de Pedras (1), Apodi (1), Encanto (1), Touros (1) e São Rafael (1).

Caixa amplia horário de atendimento de 37 agências do RN em duas horas


A Caixa Econômica anunciou a ampliação do atendimento ao público em 2 horas, a partir desta quarta-feira (22), em 37 agências do Rio Grande do Norte. Somente em Natal, são 12. As unidades abrirão das 8h às 14h apenas para o atendimento de serviços essenciais à população.

Durante a pandemia do novo coronavírus, o expediente dos bancos estava reduzido a quatro horas diárias - das 10h às 14h, enquanto normalmente é das 10h às 16h. Ao longo de vários dias, no entanto, foram registradas aglomerações de pessoas em agências, especialmente do público que buscava sacar o auxílio emergencial de R$ 600.

De acordo com o banco, as agências estão sendo abertas para realizar os seguintes tipos de atendimento: Saque do INSS sem cartão; Saque de Seguro Desemprego/Defeso sem cartão e senha; Saque do Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha; Pagamento de Abono Salarial e FGTS sem cartão e senha; Saque de conta salário sem cartão e senha; Desbloqueio de cartão e senha de contas.

Ainda de acordo com a Caixa, as unidades terão fluxo de clientes controlado e nas salas de autoatendimento será permitida a entrada de um ou dois clientes por máquina, de acordo com o espaço físico disponível. O objetivo, segundo o banco, é manter o distanciamento de pelo menos um metro entre as pessoas.

O banco afirma que reforçou o protocolo de higienização das unidades priorizando a limpeza das superfícies de contato humano, portas de entrada, maçanetas e vidros do entorno, teclados dos autoatendimentos, balcões de caixa e torneiras e aparelhos sanitários com periodicidade mínima de seis vezes ao dia.

Auxílio emergencial - A Caixa esclarece que os beneficiários do auxílio emergencial que receberam o crédito em poupança do banco podem movimentar o valor digitalmente pelo aplicativo Caixa, pelo internet banking ou mesmo utilizando o cartão de débito em suas compras.

Veja o calendário de pagamentos - Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa estabeleceu um calendário para os beneficiários que quiserem sacar em dinheiro o valor depositado nas poupanças digitais abertas para os trabalhadores:

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
28 de abril – nascidos em março e abril
29 de abril – nascidos em maio e junho
30 de abril – nascidos julho e agosto
4 de maio – nascidos em setembro e outubro
5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Veja as agências que funcionam com o novo expediente no RN: Açu, Alto do Rodrigues, Apodi, Areia Branca, Caicó, Ceará-Mirim, Currais Novos, Extremoz, Goianinha, Guamaré, João Câmara, Macaíba, Macau, Mossoró (Rua Coronel Gurgel), Mossoró (Rua Bezerra Mendes), Mossoró (Ilha de Santa Luzia), Natal Alecrim, Natal Candelária, Natal Capim Macio, Natal Cidade Alta, Natal Lagoa Nova (Av. Capitão Mor Gouveia), Natal Lagoa Nova (Av. Prudente de Morais), Natal Lagoa Seca, Natal Neópolis, Natal Potengi (Av. Doutor João Medeiros Filho), Natal Potengi (Av. das Fronteiras), Natal Ribeira, Natal Tirol, Nova Cruz, Parnamirim Centro, Parnamirim (Nova Parnamirim), Pau dos Ferros, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, São Miguel e Touros.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Taxa de ocupação de leitos do RN sobe para 28%


Ao atualizar as ações do Governo do RN para o combate à Covid-19, nesta terça-feira, 21, o secretário adjunto de Saúde Petrônio Spinelli confirmou que o Estado tem agora 161 casos recuperados.

Há 92 pessoas internadas nos hospitais em toda a rede, pública (estadual e municipal) e na privada. Destas, 57 em estado crítico, ou seja, que precisam de respiradores. Dos 92 casos, 44 estão confirmados com a Covid-19 e 48 suspeitos.

Na rede estadual há 28 em leitos críticos e 9 em leitos clínicos. Estes números mostram um dado preocupante, de acordo com Petrônio Spinelli: a taxa de ocupação de leitos da rede estadual que nesta segunda, 20, apenas um dia antes, era de 21,5% subiu para 28,5% com acréscimo mais forte nos polos de Natal e Mossoró.

Diante deste quadro, o Governo do RN intensifica a abertura de leitos, mas reforça a orientação do isolamento social e cumprimento das regras de proteção. "Precisamos voltar a um patamar mais confortável e para isso precisamos contar com o apoio de todos ficando em casa, protegendo os idosos e mais vulneráveis e usar máscara", afirmou o secretário adjunto.