segunda-feira, 29 de março de 2021

FPM: Março fecha com aumento de 25,57% em relação ao ano passado

Mais de R$ 3.282.190.480,16 serão repassados aos cofres municipais, nesta próxima terça-feira, 30 de março, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao terceiro repasse de março. Com a retenção constitucional de 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o repasse será de R$ 2.625.752.384,13.

Com base nos dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) calcula aumento de 6,68% em comparação com o mesmo repasse feito ano passado. Se aplicar a inflação do período, o repasse apresenta crescimento de apenas 1,48%.

Em março passado, os Entes municipais receberam R$ 7,5 bilhões. Agora, o valor de R$ 9,4 bilhões eleva o FPM do mês em 25,57%, mas, quando se aplica a inflação, o resultado positivo reduz para 19,45%. Até o momento, a parte municipal dos impostos arrecadados foi positiva, com crescimento de 20,76 e de 9,54 em janeiro e fevereiro, respectivamente. O total repassado em 2021 está 17,07% maior ou 11,52% com a inflação.

*Da Agência CNM de Notícias

Jovem é assassinado a tiros dentro de residência no Bairro Maria Manoela

Um jovem identificado como André Raí de Carvalho conhecido popularmente por Neguinho da Baixada, de 25 anos de idade, foi assassinado na noite deste domingo (28) com vários disparos de arma de fogo no interior de uma residência localizada no trecho conhecido como Baixada no Bairro Maria Manoela, Zona Urbana de São Miguel.

De acordo com informações por volta das 18h35min, aproximadamente, a Polícia Militar local foi acionada para verificar eventuais disparos de arma de fogo quando ao chegar ao local encontraram a vítima caída ao solo e sem vida.

Conforme a polícia o jovem faleceu no local depois de ter sido alvejado na rua e tentado se abrigar no interior da casa onde foi encontrado. Foram diversos disparos de arma de fogo efetuados por elementos não identificados (encapuzados).

Uma equipe do ITEP/RN esteve no local do crime, realizou os trabalhos de perícia criminal e recolheu o cadáver para ser necropsiado. Um inquérito policial será instaurado pela Polícia Civil que deve apurar os fatos e circunstâncias desse homicídio.

*Com informações e fotos da PM Local

País tem mais de 80 concursos abertos para preencher quase 3,5 mil vagas

Pelo menos 80 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (29). São quase 3,5 mil vagas em disputa. Há cargos disponíveis para todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 20.183,34 na Prefeitura de Arroio Trinta (SC).

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Nesta segunda-feira, pelo menos seis instituições abrem o prazo de inscrições, veja a lista: Prefeitura Municipal de São Luís de Montes Belo (GO), Prefeitura Municipal de Guatapará (SP), Prefeitura Municipal de Rio Negro (PR), Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos (MT), Prefeitura Municipal de Carapicuíba (SP) e o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (BA).

quinta-feira, 25 de março de 2021

RN tem 189.479 casos confirmados e 4.309 mortes por Covid-19

O Rio Grande do Norte registra 189.479 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Os mortos pela doença são 4.309 neste mesmo período. Os dados foram atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (25). Outros 935 óbitos estão sob investigação.

No comparativo com o boletim de quarta-feira (24), são 60 mortes a mais, sendo 17 ocorridas nas últimas 24 horas - Natal (8), Goianinha (1), Areia Branca (1), São Gonçalo do Amarante (1), Ceará-Mirim (1), Guamaré (1), Macaiba (1), Mossoró (1), Jardim do Seridó (1) e Santa Cruz (1).

Atualmente, 1.098 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 684 na rede pública e 414 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 90,6% na rede pública e continua em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 603.

O estado tem ainda 66.719 casos suspeitos da doença e outros 401.679 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 138.506, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 112.949.

A Sesap informa que 432.039 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 231.390 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 200.649 sorológicos

Câmara aprova Orçamento da União de 2021

Em sessão do Congresso Nacional, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (25), por 346 favoráveis, 110 contra e uma abstenção, o projeto de lei do Orçamento da União para 2021. A matéria estabelece as receitas e despesas federais previstas para este ano. Após a aprovação do texto base, o deputados rejeitaram dois destaques, um deles apresentado pelo PSOL e outro pelo NOVO.

Após a conclusão da votação do Orçamento da União para 2021 pela Câmara, os senadores iniciaram a análise e a votação do projeto na sessão do Congresso para votar o projeto.

Com três meses de atraso, a Comissão Mista de Orçamento (CMO), formada por deputados e senadores, aprovou o Orçamento 2021 na tarde desta quinta. Tradicionalmente, o orçamento é aprovado no ano anterior, antes do recesso legislativo.

O parecer final do relator-geral, senador Marcio Bittar (MDB-AC), foi aprovado com a complementação de voto para remanejar R$ 26,5 bilhões e, assim, favorecer emendas parlamentares. Segundo o substitutivo, as receitas foram estimadas em R$ 4,324 trilhões, das quais cerca de R$ 2,576 trilhões são para o refinanciamento da dívida e para as empresas estatais. O teto dos gastos é de R$ 1,48 trilhão.

"Aumentamos o dinheiro para saúde e educação, garantimos os recursos para pesquisa da vacina brasileira, que vai acontecer ainda neste ano, e mais de R$ 20 bilhões para o governo federal continuar comprando vacinas", explicou o senador.

A meta de déficit primário do governo é de R$ 247,1 bilhões em 2021. O déficit primário corresponde ao resultado negativo das contas do governo desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública.

*Agência Brasil

RN recebe mais 66,1 mil doses de vacinas contra Covid-19 nesta sexta-feira (26)

O Rio Grande do Norte vai receber nesta sexta-feira (26) um novo lote com mais 66,1 mil doses de vacina contra a Covid-19. Serão 48,2 mil doses da CoronaVac e outras 17,9 mil de Oxford/AstraZeneca. A carga mais recente recebida foi no sábado passado.

O avião com as novas doses vai desembarcar no Aeroporto de Natal às 15h20 de sexta. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e pela superintendência do Ministério da Saúde no RN.

Com a recomendação do Ministério da Saúde na semana passada, o estado tem distribuídos todas as doses recebidas das vacinas da CoronaVac diretamente para os municípios, sem resguardar cerca de 50% delas para a aplicação da segunda dose futuramente. Há nesse total, no entanto, uma reserva técnica. As doses de Oxford já eram entregues completamente.

De acordo com a plataforma RN+ Vacina, o estado recebeu até o momento 470.540 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 387.040 da CoronaVac e 83.500 de Oxford/AstraZeneca. Com o novo lote, esse total chegará a 536.640.

Doses recebidas no RN

18 de janeiro – Coronavac: 82.440 doses
24 de janeiro – Oxford: 31.500 doses
24 de janeiro – Coronavac: 14.600 doses
07 de fevereiro – Coronavac: 46800 doses
24 de fevereiro – Oxford: 35.500 doses
25 de fevereiro – Coronavac: 19.400 doses
03 de março – Coronavac: 40.800 doses
10 de março – Coronavac: 43.200 doses
17 de março – Coronavac: 74.600 doses
20 de março – Oxford: 16.500 doses
20 de março – Coronavac: 65.200 doses
26 de março - CoronaVac: 48.200 doses
26 de março - Oxford: 17.900 doses

Emparn prevê chuvas dentro ou abaixo da normalidade nos próximos três meses no RN

O Rio Grande do Norte tem previsão para ocorrência de chuvas que variam de normal para abaixo do normal entre os meses de abril, maio e junho na região semiárida. É o que diz a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), após conclusão da análise feita na Reunião Climática, coordenada pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC/PE) na quarta-feira (24).

As análises apontam que no interior do RN as chuvas devem ser irregulares, sendo a maior concentração na região do Alto Oeste, Seridó e Vale do Açu. Já no litoral, as condições ainda não estão adequadas para uma análise mais precisa.

“Estamos no princípio do outono e as condições do centro de alta pressão do oceano Atlântico Sul e vento - algumas das condições que favorecem a ocorrência de chuvas - ainda estão indefinidas para o litoral do Nordeste. Em meados de abril será possível fazer uma análise mais clara", disse Bistrot.

A previsão de mais milímetros ocorre na Região Leste do estado, que deve receber até 500 mm de chuvas nesses três meses.

Na reunião, os especialistas avaliaram também as condições oceânicas que indicam ainda a atuação do fenômeno da La Ñina - ela é considerada "fraca" no momento, mas ainda presente no Oceano Pacífico.

De acordo com os especialistas, as águas do Atlântico Sul continuam mais frias do que as do Atlântico Norte. “Essas condições oceânicas influenciam de forma negativa para a ocorrência de chuvas no Nordeste pois não favorecem a descida da Zona de Convergência Intertropical que contribuem para a ocorrência de chuvas mais generalizadas para todo estado”, explicou o chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bistrot.

O meteorologista avaliou também como regulares as chuvas que ocorreram da segunda quinzena de fevereiro até este mês de março, principalmente nas regiões do Alto Oeste, Vale do Açu e Seridó. “As chuvas ocorreram com melhor regularidade nestes locais por influência do relevo da região, beneficiando a cadeia da agricultura”, considerou.

segunda-feira, 22 de março de 2021

RN + Vacina publica painel com distribuição de doses

A plataforma RN+ Vacina apresenta a partir desta segunda-feira (22) mais uma ferramenta de transparência. O site passa a contar com um painel que mostra a quantidade de vacinas recebidas pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), as doses entregues aos municípios e a reserva técnica.

A nova sessão do site será atualizada a cada nova remessa de vacina e já conta com a soma de 81,7 mil imunizantes recebidos pelo Rio Grande do Norte neste sábado (22).

De acordo com a última atualização, levando em conta os imunizantes que serão entregues nesta segunda-feira, o RN recebeu 387.040 doses da CoronaVac/Butantan e 83.500 doses da Oxford/AstraZeneca. Na parte de distribuição, o RN+ Vacina aponta que foram entregues pela Sesap aos municípios 263.689 vacinas da CoronaVac como primeira dose e 97.205 como segunda dose. Já no caso da Oxford, foram repassadas 82.810 apenas como primeira dose, já que o Ministério da Saúde ainda não repassou os lotes para a segunda dose.

A Sesap ainda mantém uma reserva técnica de 5.023 vacinas CoronaVac e 590 da Oxford. Já foram enviadas 323 doses dessa reserva técnica por conta de perdas - como quebra de frascos - desde o início do processo de vacinação no RN.

A plataforma RN+ Vacina é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Sesap, com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do RN (LAIS/UFRN) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN).

Para consultar os dados acesse aqui: https://maisvacina.saude.rn.gov.br 

Arrecadação federal bate recorde para meses de fevereiro

Depois de iniciar o ano em queda, a arrecadação federal reagiu e bateu recorde em fevereiro. No mês passado, o governo arrecadou R$ 127,74 bilhões, alta de 4,3% em relação a fevereiro de 2020, descontada a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esse é o maior valor registrado para meses de fevereiro ao considerar o IPCA.

O valor veio acima do previsto pelos agentes financeiros. Segundo a pesquisa Prisma Fiscal, divulgada todos os meses pelo Ministério da Economia, os analistas de mercado projetavam arrecadação de R$ 118,16 bilhões no mês passado.

Com o resultado de fevereiro, a arrecadação federal soma R$ 296,49 bilhões nos dois primeiros meses do ano. Isso representa alta de 0,81% em relação ao primeiro bimestre de 2020, também descontando o IPCA. Em janeiro, a arrecadação federal tinha registrado queda de 1,5% em relação ao mesmo mês de 2020, considerando a inflação oficial.

Segundo a Receita Federal, três fatores contribuíram para a melhoria da arrecadação no mês passado. O primeiro foi a recuperação da economia, principalmente da indústria e do comércio eletrônico. O segundo decorreu da arrecadação extraordinária de R$ 5 bilhões de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) em fevereiro, que não ocorreu no mesmo mês de 2020.

O terceiro fator a impulsionar a arrecadação no mês passado foi o aumento das importações, que elevou o pagamento de Imposto de Importação em R$ 2,1 bilhões em relação ao observado em fevereiro do ano passado. Esses três fatores contrabalançaram a elevação de R$ 6,08 bilhões (em valores corrigidos pelo IPCA) nas compensações tributárias entre fevereiro de 2020 e de 2021.

Mais de 100 concursos públicos com inscrições abertas reúnem 20 mil vagas em todo o país

Pelo menos 108 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (22) e reúnem 19.884 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 20.183,34 na Prefeitura de Arroio Trinta (SC). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mantém concurso com 6,5 mil vagas abertas.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Entre os principais concursos federais abertos estão: Exército, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Marinha e a Prefeitura de Nova Iguaçu (RJ).

Nesta segunda-feira, pelo menos sete instituições abrem o prazo de inscrições. Os salários chegam a R$ 8.605,42 na Prefeitura de Gravatal (SC). Veja a lista dos concursos: Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), Prefeitura de Cacoal (RO), Prefeitura de Carmo do Cajuru (MG), Prefeitura de Gravatal (SC), Prefeitura de Jaguaré (ES), Prefeitura de São Julião (PI) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

quinta-feira, 18 de março de 2021

FPM: Segundo repasse de março será de R$ 1,3 bilhão

Com crescimento atípico, a segunda transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) entra nas contas das prefeituras nesta sexta-feira, 19. Os recursos repassados aos entes municipais somam R$ 1.343.264.115,95 e esse montante é 106,28% maior que o mesmo repasse ocorrido em 2020.

O valor de R$ 1,3 bilhão não considera a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e nem a inflamação. Com o desconto do Fundeb, o valor reduz para R$ 1.074.611.292,76 e, ao aplicar a inflação do período, o crescimento reduz para 96,23%.

Ano passado, os Municípios partilharam R$ 4,4 bilhões no primeiro e no segundo FPM de março. Agora, a soma dos mesmos dois repasses supera a marca de R$ 6 bilhões, o que indica crescimento de 38,59% – sem aplicar a inflação. Com a inflação do período, o aumento mensal do Fundo é de 31,83%, até o momento.

Acumulado do ano - De janeiro até agora, os governos locais já receberam R$ 31 bilhões de FPM, resultado positivo de 18,28% ou de 12,69% se considerar a inflação. Contudo, para o presidente da CNM, Glademir Aroldi, o crescimento não impressiona, pois, os gestores municipais enfrentam o pior cenário de contaminação da Covid-19. Diminuiu muito também o trabalho informal. Então, tem que ter aí uma política de médio, longo prazo nesse sentido"

*Da Agência CNM de Notícias

Novo decreto suspende atividades não essenciais no RN por 14 dias

O Governo do Estado editou um novo decreto, em conjunto com a Prefeitura de Natal, instituindo medidas mais duras para promover o isolamento social e evitar o avanço do coronavírus no Rio Grande do Norte. As regras valem para o período de 20 de março a 2 de abril e disciplinam o setor público e privado. Entre as novas medidas adotadas estão o fechamento das atividades não essenciais e a suspensão das aulas presenciais em todas as modalidades de ensino. O documento também estende até a próxima sexta-feira (19) o toque de recolher das 20h às 06h.

"Estamos tomando essas medidas com o senso de responsabilidade que tenho. O que está em jogo neste exato momento, é a vida das pessoas. Abrimos leitos e mais leitos, montamos uma rede de mais de 700 leitos e continuamos abrindo mais, porém está provado no Brasil e no mundo, que há necessidade de medidas preventivas, como o distanciamento social, para que possamos conter a velocidade da transmissão da doença", disse a governadora Fátima Bezerra.

O Decreto n° 30.419/21, o quarto do ano com foco em medidas restritivas para proteger a saúde da população e conter o colapso da rede de atendimento aos pacientes vítimas da Covid-19, foi construído a partir de discussões ao longo da semana com os diversos segmentos da sociedade – representantes dos demais Poderes, empresários, trabalhadores. O governo também buscou o consenso com os prefeitos, considerados peças fundamentais na aplicação das medidas nos 167 municípios, sob o respaldo do Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho. Na terça-feira, durante reunião com os presidentes de associações dos municípios, os prefeitos sinalizaram apoio ao esforço do governo na luta contra o coronavírus.

Emocionada, a governadora fez um apelo à sociedade em defesa da vida. "Neste momento, não temos escolha. São vidas que estão em jogo. Precisamos garantir ao povo o sagrado direito, que é cuidar da saúde, de sobreviver, daí porque peço a compreensão de todos. O momento é de união, de responsabilidade, do engajamento coletivo dos poderes, da sociedade, para, se Deus quiser, superarmos esse momento dramático que vivemos."

Para mitigar os efeitos da quarentena, Fátima disse que vai anunciar medidas para beneficiar famílias de baixa renda. Esta semana, o governo do RN anunciou benefícios para empresas dos setores mais prejudicados pela pandemia.

Com o novo decreto, o Rio Grande do Norte segue o caminho dos vizinhos Ceará, Paraíba e Pernambuco que enfrentam situação semelhante e adotaram medidas mais duras, diante da possibilidade de o sistema de saúde entrar em colapso.

PANDEMIA Para editar o novo decreto, o governo do Estado levou em conta o aumento dos indicadores epidemiológicos – número de óbitos, taxa de ocupação de leitos de UTI e número de casos ativos - a presença de novas variantes do vírus circulando no RN e a baixa proporção da população vacinada.  Considerou ainda o Ofício Conjunto nº 001/2021-MPRN/MPF/MPT, por meio do qual o Ministério Público do Estado (MPRN), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao Governo do Estado e à Prefeitura do Natal, o acatamento das medidas sugeridas na Recomendação nº 26 do Comitê de Especialistas do Governo do Estado.

Nesta quarta-feira, o número acumulado de mortes pela Covid-19 ultrapassou a casa dos 4 mil. Os dados do Regula RN, mostravam que a taxa de ocupação de leitos no Estado era de 95,3%, na região metropolitana 95,5%, no Oeste 98,0% e no Seridó 92,5%. Às 20 horas, havia 140 pacientes na lista de espera por UTI.

MEDIDAS Fica estabelecido que poderão funcionar, desde que adotados os protocolos sanitários, entre outras atividades, as de abastecimento de alimentos; assistência à saúde; postos de combustíveis; segurança privada; correios e serviços de entrega e transportadoras; lojas de autopeças; hotéis, flats, pousadas e acomodações similares; lavanderias; atividades financeiras e de seguros; atividades industriais. Os serviços não essenciais poderão funcionar de modo remoto, mediante teleatendimento e sistema de entrega em domicílio.

O novo decreto permite também o funcionamento de igrejas para orações individuais e com presença simultânea de, no máximo, 20 pessoas.

Já as aulas presenciais estão suspensas em todas as modalidades de ensino, exceto em atividades de educação em que o ensino remoto seja inviável, exclusivamente, para treinamento de profissionais de saúde e aulas práticas e laboratoriais destinadas aos concluintes do ensino superior.

*Assecom-RN

quarta-feira, 17 de março de 2021

RN ultrapassa 4 mil mortes por Covid-19 e tem 182.399 casos confirmados da doença

O Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 4 mil mortes por Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quarta-feira (17), são 4.024 óbitos registrados desde o início da pandemia e 182.399 casos confirmados da doença.

Na comparação com o boletim de terça-feira (17), são 65 mortes a mais - sendo 10 ocorridas e notificadas nas últimas 24 horas, em Natal (3), Parnamirim (2), Mossoró (3), São Paulo do Pontengi (1) e Areia Branca (1).

O número de internados atingiu novo recorde, chegando a 1.066 pacientes. São 657 internados na rede pública e 409 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 94,2% na rede pública e segue em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 581.

O RN tem ainda 59.235 casos suspeitos da doença e outros 383.854 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 133.092, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 113.422.

RN recebe mais 74.600 doses de CoronaVac

O Rio Grande do Norte recebeu nesta quarta-feira (17) mais 74.600 doses da vacina CoronaVac. De acordo com o Governo do RN, as doses serão destinadas à continuidade da vacinação de idosos entre 74 e 79 anos.

Cerca de metade dessas 74,6 mil doses serão distribuídas proporcionalmente para todos os municípios potiguares na manhã desta quinta (18). A outra metade é referente à segunda dose e fica armazenada na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) e só são remetidos no período da aplicação para as cidades. Cerca de 5% também fica retido na Unicat como reserva técnica definida pelo Ministério da Saúde.

Essa é a 11ª remessa de vacina contra a Covid-19 que chega ao Rio Grande do Norte. Ao todo, o Rio Grande do Norte recebeu 388.840 doses de vacinas, incluindo CoronaVac e Oxford/AstraZeneca.

De acordo com o RN+ Vacina, 150 mil pessoas foram vacinadas no estado até esta terça-feira (16), sendo cerca de 51 mil delas já com a aplicação da segunda dose. A vacinação começou no RN em 19 de janeiro e imunizou profissionais da saúde e caminha na aplicação em idosos - atualmente vacina os acima de 75 anos.

Confira aqui todas as doses já recebidas:

18 de janeiro – CoronaVac: 22.440 doses
18 de janeiro – CoronaVac: 60.000 doses
24 de janeiro – Oxford: 31.500 doses
24 de janeiro – CoronaVac: 14.600 doses
07 de fevereiro – CoronaVac: 29.000 doses
07 de fevereiro – CoronaVac: 17.800 doses
24 de fevereiro – Oxford: 35.500 doses
24 de fevereiro – CoronaVac: 19.400 doses
3 de março - CoronaVac: 40.800
10 de março – CoronaVac: 43.200 doses
17 de março - CoronaVac: 74.600 doses

segunda-feira, 15 de março de 2021

Prefeitura de Venha Ver - RN promove Processo Seletivo com 45 vagas

A Prefeitura do Município de Venha Ver, tornou pública a abertura de processo seletivo simplificado N.º 001/2021, em caráter temporário, para o preenchimento de 45 vagas, sendo distribuídas entre cargos de níveis fundamental, médio e superior.

São ofertados os cargos de Enfermeiro, Técnico em Enfermagem, Médico, Técnico em Saúde Bucal, Odontólogos, Fisioterapeuta, Agentes de Saúde, Recepcionistas, Farmacêutico, Técnico em Farmácia, Técnico de Laboratório, Auxiliar de Serviços Gerais, Vigia, Educador Físico, Psicólogo, Nutricionista, Auxiliar Administrativo, Digitador, Assistente Social, Auxiliar de Serviços Diversos, Orientador Social, Oficineiro e Operador de Máquina. O vencimento mensal varia de R$ 1.100,00 a R$ 10.000,00.

As inscrições serão realizadas, de forma presencial e gratuita, nos dias 15 e 16 de Março de 2021 no horário das 08h00min às 12h00min, na sede da Prefeitura Municipal de Venha Ver/RN, localizada na Rua José Bernardo de Aquino, 55, Centro, Venha Ver/RN, CEP 59.925- 000.

O processo de seleção constará de Prova dos Títulos, sendo avaliados escolaridade, títulos e experiência profissional comprovados; e Entrevista Técnica e Comportamental, através da avaliação dos conhecimentos, vivências e levantamento de informações do candidato que permitam a análise das competências, através de métodos individualizados para cada cargo. Na entrevista serão analisados os indicadores de desempenho bem como a compatibilidade do cargo com o perfil de cada candidato.

As entrevistas serão feitas no período de 06 a 08 de abril de 2021, das 08h00min às 12h 00min. A divulgação resultado final acontecerá na data provável de 12 de abril de 2021.

Médico Marcelo Queiroga aceita convite de Bolsonaro para ser ministro da Saúde

O médico Marcelo Queiroga, presidente da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir o comando do Ministério da Saúde. Queiroga se reuniu na tarde desta segunda-feira (15) com Bolsonaro no Palácio do Planalto. Mais cedo a médica Ludhmila Hajjar tinha recusado o convite para o cargo.

Segundo o presidente, a nomeação de Queiroga será publicada na edição desta terça-feira (16) do "Diário Oficial da União" e haverá uma transição de "uma ou duas semanas" entre o novo ministro e o antecessor. O novo ministro defende o distanciamento social e não acredita em tratamento precoce, diferentemente do presidente Bolsonaro e seus apoiadores.

Marcelo Queiroga aceitou substituir Eduardo Pazuello e será o  o quarto ministro da Saúde desde o começo da pandemia de Covid, há pouco mais de um ano. O Brasil acumula mais de 278 mil mortes em razão da doença. Antes de Queiroga, comandaram o ministério o médico e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS); o médico Nelson Teich; e o general do Exército Eduardo Pazuello.

O Ministro - Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga é natural de João Pessoa. Formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba, fez residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. Tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.

Em dezembro do ano passado, Queiroga foi indicado por Bolsonaro para ser um dos diretores da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A indicação ainda não foi votada pelo Senado Federal.

No currículo enviado ao Senado, Queiroga informou ser diretor do Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (Cardiocenter) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa, e cardiologista do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita (PB).

RN ultrapassa 180 mil casos confirmados e tem 3.937 mortes por Covid-19

O Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 180 mil casos confirmados de Covid-19 nesta segunda-feira (15) - são 180.362, de acordo com o novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A doença vitimou 3.937 pessoas no estado desde o início da pandemia. Outros 856 óbitos estão sob investigação.

O número de internados atingiu novo recorde: 1.016 pacientes. São 626 internados na rede pública e 390 na privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 92% na rede pública e segue em 100% na rede privada. Só nos leitos críticos, os internados são 552, mais da metade do total de pacientes.

O estado tem ainda 57.469 casos suspeitos da doença e outros 381.198 descartados. O número de confirmados recuperados subiu para 133.092, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 113.428.

A Sesap não atualizou o número de testes de Covid-19 realizados no estados - foram 426.171 testes até o momento, sendo 227.608 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 198.563 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

180.362 casos confirmados
3.937 mortes
57.469 casos suspeitos
381.198 casos descartados
133.092 confirmados recuperados